x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians vence o Grêmio na Neo Química Arena e agora pega o Palmeiras no Brasileiro Feminino

 
       
 

Agora vai ter Dérbi na semifinal do Brasileirão Feminino

 
  Por:

Voz da Fiel

02/11/2020 21:00:59  
       
 
 
 
       
   Corinthians vence o Grêmio na Neo Química Arena e agora pega o Palmeiras no Brasileiro Feminino   
  Foto: Ricardo Taves/Agência Corinthians  
       
 

O Corinthians concretizou a sua vaga na semifinal do Campeonato Brasileiro na fria noite desta segunda-feira na cidade de São Paulo. Dentro da Neo Química Arena, o Timão foi superior ao Grêmio, ganhou por 2 a 1 e agora terá pela frente o arquirrival Palmeiras na próxima fase da competição nacional.

Os gols da equipe foram marcados por Gabi Zanotti e Tamires, ainda no primeiro tempo, enquanto Eudimilla descontou para as gremistas. Como havia vencido o primeiro duelo por 3 a 0, fora de casa, o clube do Parque São Jorge avançou com sobras.

Escalação

O técnico Arthur Elias montou sua equipe para o duelo decisivo com Lelê; Katiuscia, Poliana, Érika e Yasmin; Andressinha, Ingryd, Gabi Zanotti, Giovanna Crivelari e Tamires; Adriana.

 
      
 

 
 

Primeiro tempo

O Corinthians começou a partida com bastante intensidade na marcação, mas sem a mesma precisão na hora de definir as jogadas. Com essa combinação, até os 12 minutos de bola rolando, o Grêmio nem sequer havia passado do meio-campo com a bola dominada, mas o Timão também não conseguia ser muito perigoso.

O jogo melhorou para as corinthianas justamente quando as gaúchas passaram a sair mais de trás, abrindo espaço para a organização do meio-campo corinthiano. Em um contra-ataque, então, Ingryd abriu pela direita, conduziu até a lateral da área e tocou para Gabi Zanotti. Cheia de classe, como sempre, a camisa 10 bateu de chapa, no canto oposto, para abrir o placar.

 
 

 
 

A vantagem, no entanto, durou muito pouco. Depois de um vacilo na saída de bola, Eudimilla roubou a posse para o Grêmio e aproveitou que Lelê estava adiantada para chutar por cima dela e igualar. Um ajuste necessário para a equipe, que precisa ter mais consistência nesses lances para não expor a goleira.

Superior tecnica e fisicamente, o Timão retomou seu bom nível e naturalmente chegou ao segundo gol antes do intervalo. Andressinha, que não vinha bem, conseguiu boa infiltração pelo meio e uma dividida virou um passe para Tamires. A capitã bateu de chapa, cruzado, e fez o 2 a 1.

 
 

 
 

Segundo tempo

A etapa final, com a vitória parcial corinthiana e um Grêmio com pouquíssimas opções no banco de reservas para tentar algo diferente, foi de pleno domínio das donas da casa. Com a posse e sem sofrer atrás, faltou ao Timão outra vez ser mais incisivo na hora de decidir as jogadas.

Arthur Elias tentou dar uma nova dinâmica à sua equipe ao promover uma alteração tripla logo de cara, mandando a campo Grazi, Gabi Portilho e Victoria Albuquerque. O trio entrou em alta rotação, mas não o bastante para que o time conseguisse criar muito mais lances de perigo.

 
 

 
 

Em uma sucessão de bolas paradas jogadas na área, uma delas enfim deu bom resultado para o Timão: Érika tentou um chute para cima na área gremista e a bola bateu não mão de Eudimilla. O juiz anotou pênalti e Gabi Nunes bateu no canto esquerdo, mas a goleira Raíssa fez boa defesa.

Até o final da partida, o lance de maior perigo foi do Grêmio, quando Leticia saiu cara a cara com Lelê, limpou a goleira e tocou para o gol, mas parou em Paulinha. Vaga garantida, recados dados e clássico pela frente.

 
 

 
 

Veja abaixo os gols da partida

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Voz da Fiel