x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians solicita para a FIFA os detalhes do processo de Jô e prepara o envio do recurso

 
       
 

Corinthians trabalha nos bastidores para resolver situação de Jô

 
  Por:

Voz da Fiel

08/12/2020 12:44:59  
       
 
 
 
       
   Corinthians solicita para a FIFA os detalhes do processo de Jô e prepara o envio do recurso   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

Por conta de polêmica na rescisão contratual de Jô com o Nagoya Grampus, do Japão, a Fifa puniu o Corinthians e cobra cerca de R$ 18 milhões pela contratação do atacante. Para evitar o pagamento da alta quantia, o clube já se move nos bastidores para reverter o quadro.

Dentro do prazo inicial de dez dias para responder o resultado do processo, os advogados alvinegros cobraram a Fifa pela decisão fundamentada, que dá panorama melhor de tudo que foi levado em conta para punir o clube.

 
      
 

 
 

Agora, então, a entidade máxima do futebol tem que deixar claro ao Corinthians todos os detalhes do processo. O problema é que não há prazo para isso, como diz Bruno Tanuri, advogado de Jô.

"Não há um prazo definido para a Fifa apresentar a decisão fundamentada. Dependendo do caso, pode levar meses. Quando a decisão fundamentada chegar, o Corinthians e o Jô terão acesso aos argumentos e, a partir de então, contarão com 21 dias para apresentar recurso ao CAS, que é o órgão de 2ª instância nesses casos", explicou.

 
 

 
 

Ainda que sem saber de todos os detalhes da ação, o Corinthians está otimista. O clube, afinal, assinou com o centroavante depois de sua rescisão com o Nagoya Grampus e tem grandes chances de ficar fora da polêmica, deixando uma eventual cobrança para o próprio jogador.

A polêmica, cabe destacar, se deu porque o time japonês soltou nota confirmando o término do contrato do atleta, mas por motivos diferentes: Jô diz que muita coisa aconteceu e o Nagoya fala em justa causa.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Voz da Fiel