x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians prepara reunião para cobrar jogadores antes de buscar novo técnico

 
       
 

O Corinthians não abriu negociação com nenhum técnico desde a saída de Tiago Nunes

 
  Por:

Voz da Fiel

03/10/2020 13:23:28  
       
 
 
 
       
   Corinthians prepara reunião para cobrar jogadores antes de buscar novo técnico   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

Apesar das especulações em cima de nomes como Dunga, Sylvinho e Dorival Júnior, a diretoria alvinegra ainda não conversou com nenhum candidato a assumir o time.

Não há, também, pretensão em efetivar Dyego Coelho. O atual comandante segue como interino, ciente de que o clube vai ao mercado.

O trabalho do departamento de futebol corinthiano, no entanto, deve ir além disso nesse momento, segundo apuração, há um entendimento na cúpula alvinegra de que não bastará a contratação de um novo técnico para que a equipe consiga reagir em campo.

 
      
 

 
 

Isso deve se traduzir em uma reunião no início da próxima semana, com a presença do presidente Andrés Sanchez.

O mandatário tem estado afastado do futebol para resolver os assuntos relacionados a Neo Química Arena. Com a saída de Duílio Monteiro Alves, ex-diretor de futebol e agora candidato à presidência, Andrés teve de se reaproximar.

O relacionamento dos dirigentes com o elenco é harmonioso e tranquilo, inclusive foi importante em meio a crise pela pandemia do coronavírus, quando o Corinthians chegou a atrasar quatro meses de salários.

 
 

 
 

Apesar de não haver reclamação quanto ao profissionalismo dos atletas, dentro do Corinthians há quem veja alguns jogadores em situação cômoda e confortável. Na reunião que ainda deve acontecer, a tendência é que o grupo seja cobrado a apresentar uma nova postura.

Em menos de um ano, o Corinthians já teve Fábio Carille, Tiago Nunes e Dyego Coelho em duas oportunidades à frente do time. Como a troca de treinadores não tem surtido efeito, há um diagnóstico de que o elenco precisa assumir mais responsabilidade pela má fase.

O clube, porém, acredita que pressionar os atletas da maneira como aconteceu no aeroporto de Guarulhos, quando torcedores intimidaram jogadores, só piora a situação. A reportagem teve a informação de algumas peças do elenco chegaram a pensar em sair por receio da cobrança externa. Essa é uma ferida que segue aberta e os cartolas trabalham para contornar.

 
 

 
 

Andrés Sanchez tem dito, publicamente, que considera o elenco do Corinthians um dos melhores do país pelas presenças de jogadores como Cássio, Fagner, Gil, Cantillo, Luan, Otero, Jô e agora também de Cazares.

Essa é uma visão unanime dentro do clube e tem sido utilizada como argumento para a tese de que a cobrança tem de ir também em cima dos jogadores e não ficar focada apenas no técnico, seja ele quem for.

Ainda assim, o Corinthians espera abrir conversas durante a próxima semana para tratar do novo comandante. A falta de opções consolidadas e o mercado inflacionado têm sido os maiores obstáculos dos dirigentes neste sentido.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Gazeta Press