x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Com Mancini, Léo Natel é maior ameaça à titularidade de Jô no Corinthians

 
       
 

Léo Natel agrada Vagner Mancini em treinos e pode "colocar" Jô no banco de reservas

 
  Por:

Voz da Fiel

21/12/2020 05:46:49  
       
 
 
 
       
   Com Mancini, Léo Natel é maior ameaça à titularidade de Jô no Corinthians   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

O atacante Léo Natel só disputou um jogo como titular sob o comando do técnico Vagner Mancini no Corinthians. Mesmo assim, hoje ele é a maior ameaça a Jô, que é ídolo do clube e costumava ter vaga garantida no comando do ataque.

Natel e Jô disputaram posição no ataque durante treinos no CT Joaquim Grava, e o camisa 77 viu o novo concorrente se sobressair.

O titular da posição no clássico contra o São Paulo teve desempenho aprovado por Vagner Mancini nas atividades e, por isso, não será surpresa para ninguém caso o técnico escale Natel no comando do ataque no duelo com o Goiás hoje (21), às 20h (de Brasília), na Neo Química Arena, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 
      
 

 
 

Após se destacar nos treinos, Natel foi um dos destaques do Corinthians na vitória sobre o São Paulo. Com ele, o time de Mancini ficou mais leve e veloz no campo de ataque. Com isso, os meio-campistas puderam abusar de bolas longas para o ataque.

No clássico, Natel jogou 63 minutos e finalizou três vezes de acordo com o Sofascore, site especializado em estatísticas. Além disso, ele acertou dez de 16 passes (63% de aproveitamento) e dois cruzamentos. Em 2020, ele disputou 23 jogos, com dois gols marcados - contra Ceará e Coritiba.

 
 

 
 

Corinthians tem outras características com Jô em campo

Quando Jô está em campo, o Corinthians ganha em presença de área, mas fica mais lento. O camisa 77 demonstra dificuldades físicas para acompanhar o time em jogadas de velocidade e combate pouco na marcação da saída de bola adversária.

Jô foi artilheiro do Campeonato Brasileiro de 2017, conquistado pelo Corinthians, e possui crédito no clube paulista. Atualmente, ele amarga um longo jejum de gols. Em sua última partida pelo Timão - o empate com o Fortaleza, no início deste mês -, o atacante completou dez jogos sem balançar as redes. O último gol do centroavante ocorreu há mais de três meses, em 5 de setembro, no empate com o Botafogo, pela oitava rodada do Brasileirão.

 
 

 
 

Vale ressaltar que o camisa 77 já havia desfalcado o Corinthians por pouco mais de 40 dias, somando lesão muscular e Covid-19.

Contra o Fortaleza, em seu segundo jogo após o retorno aos gramados, Jô esteve em campo até aos 34 minutos do segundo tempo, quando recebeu cartão vermelho ao acertar o rosto de Felipe. Neste período, ele não finalizou nenhuma ao gol do adversário. No jogo anterior, contra o Coritiba, quando retornava do período de afastamento, o atacante finalizou apenas uma vez, mas sem direção segundo o Sofascore.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: UOL