x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Chileno Araos recebeu sondagens, mas não chegou nenhuma proposta oficial ao Corinthians

 
       
 

Corinthians define situação do chileno Araos no mercado da bola

 
  Por:

Voz da Fiel

16/11/2020 08:19:32  
       
 
 
 
       
   Chileno Araos recebeu sondagens, mas não chegou nenhuma proposta oficial ao Corinthians   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

O Corinthians já definiu a situação do meia Ângelo Araos no mercado da bola. A cúpula alvinegra decidiu que só negociará o chileno agora em definitivo. O clube paulista descarta qualquer possibilidade de empréstimo.

A reportagem ainda apurou que existem muitas sondagens pelo meia do Corinthians, mas a diretoria não recebeu nenhuma proposta oficial. Os interessados, aliás, já estão sendo avisados que não há interesse de negociação por empréstimo.

Nos últimos dias, a imprensa chilena publicou que Araos estaria se transferindo para o Universidad Católica, do Chile. A diretoria corinthiana nega o acordo. Para ficar com Araos, os chilenos terão que desembolsar cerca de US$ 5 milhões (aproximadamente R$ 27 milhões).

 
      
 

 
 

Araos perdeu espaço no time após a chegada do técnico Vagner Mancini. O chileno, inclusive, só estreou sob o comando de Mancini neste fim de semana, quando entrou na reta final da derrota corinthiana contra o Atlético-MG por 2 a 1, na Neo Química Arena.

Além disso, a contratação de Cazares também prejudicou a sequência de jogos de Araos no Corinthians. O camisa 10 chegou com boas atuações e logo assumiu a posição de titular absoluto. Mancini optou pelo equatoriano como primeira opção na armação de jogadas, e Luan como substituto imediato.

 
 

 
 

Sem Cazares até o fim deste mês, no mínimo, por conta de estiramento muscular, Mancini abriu espaço para Araos como substituto imediato de Luan na equipe.

Araos foi contratado pelo Corinthians em 2018 com status de grande promessa do futebol chileno. Até o volante Vidal, ídolo da seleção chilena, elogiava o meia corinthiano. No entanto, até hoje ele não conseguiu se firmar no futebol brasileiro.

O Corinthians pagou US$ 4 milhões pelo atleta e, inclusive, detém 100% de seus direitos econômicos. O meia tem contrato até 31 de julho de 2023.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: UOL