x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Cantillo tem lesão moderada e vira dúvida no Corinthians

 
       
 

O problema é considerado de nível "moderado", exatamente o intermediário

 
  Por:

Voz da Fiel

16/12/2020 10:59:12  
       
 
 
 
       
   Cantillo tem lesão moderada e vira dúvida no Corinthians   
  Foto: Agência Corinthians  
       
 

Vagner Mancini só deverá ter uma sinalização sobre a possibilidade de escalar Victor Cantillo durante o fim de semana. O Corinthians tem compromisso agendado contra o Goiás, na próxima segunda-feira, às 20 horas, na Neo Química Arena.

O clube não divulgou detalhes sobre a situação, mas a reportagem apurou que o colombiano sofreu uma lesão muscular de grau 2 na coxa esquerda.

O problema é considerado de nível "moderado", exatamente o intermediário, entre os graus 1 (leve) e 3 (grave).

 
      
 

 
 

O que Cantillo teve, em termo mais popular, foi um estiramento, algo que é pior que uma contratura, mas não chega a ser uma distensão muscular.

Dependendo do tratamento e do atleta, pode até ser resolvido em uma semana, como já aconteceu em situações deste tipo. Por isso, ele é considerado dúvida para a 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

As avaliações serão feitas diariamente e, caso o tratamento precise de mais tempo, a convicção do departamento médico corinthiano é de que esse período não ultrapassaria 14 dias.

 
 

 
 

Portanto, ao menos para o último compromisso do ano, contra o Botafogo, fora de casa, dia 27, a chance de Cantillo ficar à disposição de Mancini é grande.

Nesta terça, o jogador deu início às fisioterapias no local contundido.

 
 

 
 

O lance que culminou com a lesão do camisa 24 aconteceu por volta dos 35 minutos do primeiro tempo do clássico com o São Paulo, após um "carrinho" pouco antes de ter dado o lançamento para Otero marcar o gol da vitória alvinegra. Aos 40, o volante precisou ser substituído e Camacho foi o escolhido para entrar.

Para o setor, além de Camacho, Mancini tem Xavier, Roni e Éderson como opções.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Gazeta Press