x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Ataque do Corinthians tem a pior sequência desde junho de 2019

 
       
 

Timão não marca um gol há três jogos e iguala marca da equipe de Fábio Carille no meio da última temporada

 
  Por:

Voz da Fiel

05/10/2020 06:14:18  
       
 
 
 
       
   Ataque do Corinthians tem a pior sequência desde junho de 2019   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

A fase do Corinthians não é das melhores e o sistema ofensivo do Timão não está dando conta dos recado. A equipe não marca gols há três jogos e igualou a marca negativa de junho do ano passado, quando também amargou o jejum por três partidas seguidas. Atual técnico do Alvinegro, Dyego Coelho explicou que vem focando o treinamento na evolução da defesa.

Em crise e flertando com a possibilidade de entrar no grupo dos quatro últimos colocados do Campeonato Brasileiro, o Corinthians não faz um gol há mais de 300 minutos. A última vez que conseguiu balançar a rede adversária foi no dia 16 de setembro, quando bateu o Bahia, na Neo Química Arena, por 3 a 2. De lá para cá, derrota para o Sport (1 a 0) e empates sem gols com Atlético-GO e Red Bull Bragantino.

 
      
 

 
 

Na última temporada, sob o comando de Fábio Carille, a equipe passou por um momento parecido em junho, quando perdeu para o Flamengo (1 a 0), nas oitavas de final da Copa do Brasil, empatou sem gols com o Cruzeiro pelo Brasileirão e, na sequência, foi derrotado para o Santos na Vila Belmiro, também por 1 a 0.

Responsável pelo futebol apresentado pelo Corinthians, Dyego Coelho explicou que o foco era resolver o problema do sistema defensivo - que vinha sendo um dos mais vazados do Brasileirão com Tiago Nunes. Nos últimos três jogos, a equipe sofreu apenas um gol e a marca agradou o treinador, que fala em evolução. Agora, o foco é trabalhar para desenvolver o ataque.

 
 

 
 

- A gente vai trabalhando em evolução. Não estamos conseguindo fazer gol, mas não tomamos. É uma evolução, não tem como. Cuidar da parte defensiva, depois do centro e depois para o ataque. Isso leva tempo, estamos tentando otimizar isso o mais rápido possível - afirmou o comandante na noite do último sábado, logo após o empate em Bragança Paulista.

Na próxima quarta, às 19h, o Corinthians encara o Santos, em casa, pela 14ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pressionado pelos recentes maus resultados, o Timão tenta ser mais efetivo no ataque e, principalmente, sair do clássico com um resultado positivo.

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Lance