x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Andrés acusa Gobbi de ignorar a Arena e que Dudu teve passagens pagas pelo Timão para assinar com o Palmeiras

 
       
 

Andrés Sanchez, que se licenciou do cargo de presidente neste mês, dispara contra seu-aliado, Mário Gobbi

 
  Por:

Voz da Fiel

27/11/2020 06:37:14  
       
 
 
 
       
   Andrés acusa Gobbi de ignorar a Arena e que Dudu teve passagens pagas pelo Timão para assinar com o Palmeiras   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
 

A eleição para a presidência do Corinthians ocorre amanhã (28), no Parque São Jorge. O atual presidente Andrés Sanchez não concorre nas urnas, mas o dirigente que se licenciou do cargo em 11 de novembro, dispara contra um dos candidatos da oposição: Mario Gobbi, seu ex-aliado e mandatário do clube paulista, entre fevereiro de 2012 e fevereiro de 2015.

Para Andrés, o principal motivo de não querer Gobbi no cargo é que ele ignorou a Neo Química Arena no período em que foi presidente. Sanchez cutuca Gobbi ao dizer que ele só aparecia por lá em dias de jogos e que não fez nada para tentar resolver a dívida do estádio.

 
      
 

 
 

Andrés se orgulha em dizer que voltou ao clube paulista como presidente neste último mandato para resolver o pagamento da casa corinthiana.

"Eu só voltei nessa última gestão porque, não é que eu sou mais competente, mas como eu comecei tudo [Arena], acho que tinha que ter acertado, porque nos três anos do Mário Gobbi, ele nem se mexeu para acertar a Arena, né. Malemá, ele ia na Arena, se não fosse dia de jogo", afirmou Andrés Sanchez em entrevista.

 
 

 
 

Gobbi perdeu Dudu para rival

Andrés Sanchez não esconde de ninguém que é amigo do atacante Dudu, ídolo do Palmeiras. Em entrevista ao UOL, o dirigente falou que o atacante só não vestiu a camisa do Corinthians por causa de Mario Gobbi.

"Quem contratou o Dudu foi o Corinthians, o Dudu se apresentou no Palmeiras com passagem paga pelo Corinthians e com visto pago pelo Corinthians. O doutor Mário Gobbi não quis assinar o contrato, achou que era caro, que o jogador era baixinho que não sei que, várias razões. Eu estava fora do Brasil, e ele não quis contratar, que é um direito dele, ele não quis contratar o Dudu", disparou Andrés.

 
 

 
 

As negociações se iniciaram no fim de 2014, mas Dudu fechou com o Palmeiras no início de 2015. A contratação do atacante pelo time de Palestra Itália foi considerada um "chapéu" no arquirrival Corinthians. O São Paulo também tinha interesse, e chegou a negociar com o jogador.

Eleições

Andrés Sanchez apoia Duílio Monteiro Alves, diretor de futebol em seu último mandato pelo clube paulista. Andrés, aliás, alega que não voltará a mais exercer cargos diretivos no Alvinegro. O presidente licenciado costuma não atacar o concorrente Augusto Melo, também candidato da oposição. Mas, ele não poupa críticas quando a Mario Gobbi. O pleito ocorre neste sábado (28).

 
 

 
 

Outro lado

Em contato com a reportagem, o ex-presidente Gobbi declarou que o "gestor da Arena responsável pela engenharia financeira era o ex-presidente Andrés Navarro Sanchez. Eu disse isso na inauguração da Arena e em todas entrevistas que dei na época. É de tão simples comprovação que uma simples procura no Google responderia a questão".

Já sobre a possibilidade de contratar atacante, o Gobbi disse que "Dudu é um grande jogador. Só que custava a época 5 milhões de dólares na chegada e compromisso de 5 milhões de dólares na sequência. O clube já enfrentava dificuldades, mas ávidos por ganhar a eleição eles queriam trazer para ganhar votos. Não aceitei e disse a Roberto Andrade que comprasse após eleito, depois de alguns dias."

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: UOL