x
x
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

A falta de artilheiro breca a recuperação do Corinthians na temporada

 
       
 

Boselli soma apenas seis gols em 21 jogos na temporada

 
  Por:

Voz da Fiel

27/10/2020 06:11:47  
       
 
 
 
       
   A falta de artilheiro breca a recuperação do Corinthians na temporada   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
 

O Corinthians conseguiu amenizar a crise com uma vitória sobre o Vasco na última quarta-feira (21), marcada pela utilização de um esquema tático sem centroavante, com dois atacantes na frente, sem presença constante na área.

A tática adotada por Vagner Mancini ocorreu devido à lesão muscular de Jô. Mesmo com Boselli à disposição, o treinador optou por um time sem centroavante. Com mais movimentação, a estratégia deu resultados. Gustavo Mantuan, que ganhou a posição no ataque, por exemplo, abriu o placar em São Januário.

Em dificuldades na temporada e ainda perto da zona de rebaixamento, o Corinthians tem sentido falta de gols de artilheiros na temporada. Os goleadores da equipe são Boselli e Luan, ambos com seis gols — o argentino entrou em campo 21 vezes. Jô, por sua vez, soma cinco e, depois de um bom começo, passou a ser menos efetivo. Ele disputou 19 partidas após o retorno ao clube.

 
      
 

 
 

No Brasileirão, o Corinthians foi às redes 21 vezes e passou em branco em cinco duelos, com três empates por 0 a 0 e duas derrotas. O time chegou a fazer três gols em um só jogo em duas oportunidades. Em uma delas, diante do Bahia, com Dyego Coelho no comando, a equipe viu os meias Roni e Otero, além do zagueiro Gil irem às redes.

Amanhã (28), na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, na Neo Química Arena, diante do América-MG, o Corinthians deve entrar em campo com um centroavante. Jô ainda é dúvida. Boselli deve ocupar a vaga.

 
 

 
 

Artilheiro em falta desde 2017

Com o desempenho ruim dos jogadores que atuam mais à frente, o Corinthians repete os resultados dos últimos dois anos. A média da atual temporada é de 1,17 gol por jogo, similar às de 2019 e 2018.

Na última temporada em que um artilheiro se destacou, com Jô, em 2017, o time atingiu a média de 1,26 gol por partida. Os resultados vieram junto, com os títulos paulista e brasileiro. Jô fez 25 gols naquele ano, com mais 12 de Romero e 11 de Rodriguinho.

Sem Jô nas duas temporadas seguintes, o Corinthians viu o meia Jadson ser o maior goleador em 2018, com 15 gols. No ano seguinte, Vagner Love e Gustagol dividiram o topo, mas sem atingir a metade dos gols de Jô em 2017 — cada um deles fez 12.

 
 

 
 

Os artilheiros do Corinthians nas últimas temporadas

2017 (68 jogos)

  • Jô 25 gols
  • Rodriguinho 11 gols
  • Jadson 10 gols

2018 (72 jogos)

  • Jadson 15 gols
  • Romero 12 gols
  • Rodriguinho 11 gols

2019 (74 jogos)

  • Vagner Love 12 gols
  • Gustagol 12 gols
  • Boselli 10 gols

2020 (36 jogos)

  • Boselli 6 gols
  • Luan 6 gols
  • Jô 5 gols

 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: UOL