& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Zagueiro terá chance inédita no Corinthians

 
       
 

zagueiro de 19 anos substituiu Pedro Henrique nesta quarta, contra o Cruzeiro

 
  Por:

Voz da Fiel

25/07/2018 07:12:34  
       
 
 
 
       
   Zagueiro terá chance inédita no Corinthians   
  Foto: UOL  
       
  Léo Santos já atuou na seleção brasileira em todas as categorias de base, foi observado por grandes clubes internacionais e é apontado dentro do Corinthians como uma certeza para os próximos anos. O momento de afirmação do jogador, de 19 anos e apenas cinco jogos oficiais como profissional, pode ter chegado: ele será titular nesta quarta-feira, contra o Cruzeiro, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro, e deverá atuar em pelo menos mais uma partida por conta da lesão de Pedro Henrique. É uma sequência de jogos inédita que abre a chance da promessa mostrar de vez sua cara dentro do time de Osmar Loss.

Em sua terceira temporada no elenco principal, o jovem zagueiro estreou com Oswaldo de Oliveira em novembro de 2016, jogou três vezes com Fábio Carille no ano passado e substituiu Pedro Henrique nos últimos minutos da derrota para o São Paulo no último sábado, já com Osmar Loss - ele ainda participou de cinco amistosos pelo Corinthians. Todas as oportunidades foram aproveitando brechas de lesões, suspensões, saídas ou convocações. Exatamente como agora, em que Pedro Henrique foi afastado para tratar uma lesão na coxa esquerda e Balbuena acabou vendido ao West Ham, da Inglaterra. Léo Santos será parceiro do experiente Henrique e terá Marllon como suplente.

Entre profissionais antigos e atuais das categorias de base e do departamento de futebol profissional do Corinthians, segundo apurou o UOL Esporte, há uma impressão sobre a entrada de Léo Santos na equipe titular: ele tem preparação psicológica e técnica para ocupar espaço na zaga e ameaçar a condição de Pedro Henrique mesmo após seu retorno de lesão. O que falta é uma sequência de atuações, o que ele não teve até agora, pois seus jogos foram em novembro de 2016, março, maio e agosto de 2017 e julho de 2018.
 
      
 

 
  Léo Santos está no Corinthians desde a categoria sub-13, mas tem trajetória tortuosa no clube. Logo após chegar por indicação de um observador chamado Birô, ele ficou sem espaço com o treinador da categoria e foi dispensado dos treinos. O jovem foi deslocado para o futsal, em que atuou como pivô, e só depois de alguns meses teve nova oportunidade no campo. Ele se firmou, foi titular do sub-15 ao sub-20, sempre precoce, e subiu para o profissional com apenas 17 anos.

A promoção ao time principal ocorreu em 2016, ano de sua estreia sob o comando de Oswaldo de Oliveira. Ele teve atenção especial nestes dois anos, com treinos individualizados orientados por Carille, Fabinho e o próprio Loss, seu antigo treinador na base. O Corinthians se recusou a emprestá-lo em diversas ocasiões justamente para manter o projeto de desenvolvimento técnico - ainda que uma sequência de jogos não fizesse parte disso e só tenha ocorrido por falta de opções.

Léo Santos tem contrato com o Corinthians até setembro de 2020 e 70% de seus direitos econômicos são detidos pelo clube.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Gabriel Carneiro (UOL)