& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Timão piora com troca de Loss por Jair e vê zona da degola perto

 
       
 

a derrota para o Santos na noite de sábado, a despeito da escalação recheada de reservas, acentuou a queda do Corinthians no Campeonato Brasileiro

 
  Por:

Voz da Fiel

14/10/2018 10:02:33  
       
 
 
 
       
   Timão piora com troca de Loss por Jair e vê zona da degola perto   
  Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press  
       
  Sem conseguir reagir no Brasileirão enquanto sonha com o título da Copa do Brasil na próxima quarta-feira (13), a equipe acompanhará o restante da rodada da competição com a zona do rebaixamento podendo ficar ainda mais próxima.

Com 35 pontos e na 11ª posição, o Corinthians que até pouco tempo disputava o sexto lugar tem neste momento uma distância de cinco pontos para o Ceará, que abre a zona da degola. Na próxima segunda, a equipe dirigida por Lisca recebe o Botafogo e pode encurtar essa margem, que se reduz rodada a rodada desde que Fábio Carille se desligou pouco antes da Copa do Mundo.

Mas, se Osmar Loss foi retirado do comando técnico porque tinha um aproveitamento ruim, o desempenho do Corinthians piorou com o novo treinador. Jair Ventura conseguiu índice de 33% dos pontos conquistados, marca pior que a de Loss, que deixou o cargo com 39%. Mesmo assim, a aposta é que o Corinthians tenha o apoio de seus torcedores e consiga uma reviravolta na Copa do Brasil contra o Cruzeiro.
 
      
 

 
  Para isso, o treinador tem falado em melhorar o desempenho ofensivo, que se tornou o maior problema do time desde que Loss foi substituído por Jair. Ele aumentou a proteção ao sistema defensivo, mas não tem visto a equipe balançar as redes com frequência. Já são quatro partidas seguidas sem marcar, o que coloca um problema não apenas para o Brasileiro, mas até mesmo para pegar os cruzeirenses.

"Temos que fazer muita força para fazer um gol, para criar oportunidades. A receita é mudar, como mudamos após o jogo com o Flamengo [empate sem gols no Maracanã], em que finalizamos duas vezes e fizemos dois gols em casa. É pouco para uma equipe do tamanho do Corinthians, ficar tanto tempo sem marcar", declarou Jair, que tem trabalhado para aumentar o número de finalizações da equipe.

Com uma partida enorme na quarta, e que de certa forma será um divisor de água para o fim da temporada corintiana, o próximo fim de semana também reserva um compromisso importante no que diz respeito ao Brasileirão. O Corinthians visita o Vitória, em confronto importante para se manter minimamente distante da zona de rebaixamento.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Dassler Marques (UOL)