& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Sheik encontra criança batizada com seu nome após Libertadores

 
       
 

o agora ex-jogador não foi o único Emerson Sheik que esteve no CT Joaquim Grava nesta sexta-feira.

 
  Por:

Voz da Fiel

30/11/2018 13:34:54  
       
 
 
 
       
   Sheik encontra criança batizada com seu nome após Libertadores   
  Foto: Corinthians  
       
  No dia em que concedeu sua última entrevista coletiva no Corinthians, Sheik, o herói da final da Copa Libertadores de 2012, conheceu um xará batizado com seu nome justamente depois do título.

Emerson Sheik Ferreira Lima foi batizado pelos pais Éderson Dias Lima e Angelica Ferreira Lima no dia 27 de novembro de 2012, pouco mais de quatro meses após a final em que Sheik marcou duas vezes contra o Boca Juniors no Pacaembu na conquista corinthiana.

Sheik falou sobre a aposentadoria depois de mais de 20 anos no futebol: "Eu estou saindo, o balanço é muito positivo, agora consigo fazer uma reflexão e o sentimento que fica é de dever cumprido, por todos os clubes que passei pude honrar essas camisas, como fiz no Corinthians, uma felicidade imensa de ter a certeza de, por todos os lugares que passei, ter levado alegria a milhares de corações. Estou tranquilo, vinha planejando isso”, disse.
 
      
 

 
  Emerson também falou sobre Danilo, companheiro de clube que se despede juntamente com o atacante no fim desta temporada: "Sou muito fã do Danilo, um cara do bem, muito meu amigo também. Ele é mais vencedor que eu, tem uma história linda, que admiro muito, história de superação pela lesão que ele teve há dois anos, que quase ficou sem a perna, e quando ninguém acreditava nele, ele se recuperou e conseguiu jogar e agradar”, continuou o atacante.

O atacante comentou sobre a sua importância para as conquistas recentes do Timão. “Me sinto honrado por ter construído uma história bacana na maior instituição do Brasil, me sinto privilegiado de ter jogado aqui, de ter feito gols importantes e de ter conquistado títulos. Continuo com a ideia de dividir com todos que participaram da conquista da Libertadores de 2012. Mas acho que pelos gols da final, eu vou ser o cara mais lembrado do título. Mas gostaria que fosse diferente, tinha muita gente envolvida naquela competição", prosseguiu.

Emerson Sheik aproveitou para falar do seu jogo de despedida, na Arena Corinthians, na próxima sexta-feira. "Quero falar do Sheik e Amigos contra a Fome, que é um sonho de criança. Eu imaginava fazer um futebol beneficente e poder ajudar milhares de famílias. Imaginamos que não só a torcida do Corinthians, nossa briga é contra a fome, todos os outros torcedores estão convidados para trocar 1kg de alimento por ingresso para a gente ajudar muita gente. Vamos passar de 1 milhão e meio de alimentos arrecadados. É algo muito bacana", encerrou o atacante.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Corinthians