& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Sem Balbuena o Timão terá teste com possível zaga

 
       
 

Após o clássico contra o Santos, o zagueiro Fabián Balbuena assegurou estar focado no Corinthians

 
  Por:

Voz da Fiel

08/06/2018 16:52:53  
       
 
 
 
       
   Sem Balbuena o Timão terá teste com possível zaga   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  Após o clássico contra o Santos, na última quarta-feira, o zagueiro Fabián Balbuena assegurou estar focado no Corinthians, mas não que seguirá no clube após a parada para a disputa da Copa do Mundo. E como participará de amistosos com a seleção do Paraguai nos próximos dias, pode até já ter feito seu último jogo pelo Alvinegro. Assim, o técnico Osmar Loss poderá a testar sua possível nova zaga da temporada neste sábado, às 21h, contra o Vitória.

O confronto na Arena Corinthians é válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro e encerrará uma série de cinco partidas consecutivas com Balbuena e Henrique como parceiros na defesa. Agora Henrique contará com Pedro Henrique como novo companheiro. Eles já atuaram em outras cinco ocasiões nesta temporada.

A dupla conquistou duas vitórias, empatou duas vezes e perdeu um embate, com três gols sofridos. O maior teste foi na semifinal do Campeonato Paulista, contra o São Paulo. A atuação dos dois no Morumbi foi questionada, quando o time foi derrotado por 1 a 0. Na volta, porém, ambos apresentaram desempenho mais firme e ajudaram o Corinthians a se classificar para a final nos pênaltis.
 
      
 

 
  O último jogo de Henrique e Pedro Henrique juntos foi na sexta rodada do Brasileirão, em 20 de maio. O Timão só empatou com o Sport por 1 a 1, na Arena Pernambuco. Mais experiente, Henrique conseguiu se estabelecer rapidamente como titular corintiano desde a chegada no início de 2018. Há confiança da comissão técnica em seu futebol. Já Pedro Henrique ainda desperta algumas dúvidas.

No começo de carreira no profissional, em 2016, ele foi bastante irregular. No ano passado, o zagueiro apresentou melhora e, internamente, recebeu muitos elogios por amadurecer diante das críticas e falhas. Sua reação foi usada até de exemplo para Mantuan, que recentemente vacilou em gol que custou derrota para o Internacional.

Além de Henrique e Pedro Henrique, o técnico Osmar Loss conta com Léo Santos e Marllon. O primeiro tem apenas 19 anos, quatro jogos pelo profissional e ainda não foi usado nesta temporada. O segundo foi contratado da Ponte Preta e nem sequer estreou. Há ainda Vilson, com longo histórico de problemas físicos.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: UOL