& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Roger e Mateus Vital lamentam postura do Timão

 
       
 

com chances de matar a partida, Timão não conseguiu manter o bom ritmo da primeira etapa e acabou sofrendo a virada nos acréscimos

 
  Por:

Voz da Fiel

13/08/2018 14:57:34  
       
 
 
 
       
   Roger e Mateus Vital lamentam postura do Timão   
  Foto: Liamara Polli/AGIF  
       
  O Corinthians teve um bom início de jogo contra a Chapecoense neste domingo e abriu o placar logo aos cinco minutos, com Marquinhos Gabriel. A equipe continuou pressionando na primeira etapa e teve chances de ampliar. Não fez. No segundo tempo, os jogadores não voltaram com a mesma vontade de vencer e viram a Chape virar a partida nos acréscimos.

- Loss tinha falado conosco que nosso adversário seria nossa concentração para manter o que tínhamos feito no primeiro tempo. Não entramos ligados no segundo tempo e o resultado foi a derrota. Encurralamos a Chape no primeiro tempo, fizemos nosso jogo, mas no segundo faltou essa pegada - lamentou o meia Mateus Vital após a partida.

Roger também fez uma análise do resultado negativo e admitiu um segundo tempo superior dos donos da casa. Nos últimos sete jogos como visitante, o Timão sofreu gol no fim em quatro: Internacional, Flamengo, Bahia e Chapecoense. Os corinthianos reclamaram de falta em Gabriel no início da jogada que resultou no gol da virada da Chapecoense.

- Não tem nada de jogo resolvido. O futebol brasileiro é muito parelho e qualquer um pode vencer. A Chapecoense teve um melhor segundo tempo, assim como a gente teve um primeiro muito melhor, e acabou fazendo um gol irregular no meu ver, para mim foi falta. Aconteceu, passou e agora é levantar a cabeça e pensar no próximo jogo - disse o centroavante.
 
      
 

 
  Sem balançar as redes desde o dia 6 de junho, na vitória por 1 a 0, contra o Santos, pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, Roger teve participação no único gol corinthiano neste domingo. Aos cinco minutos, o camisa 9 cabeceou de frente para o gol, mas a finalização parou em Jandrei. No rebote, Marquinhos Gabriel marcou.

- Acredito que a segunda bola do Vital era difícil, tentei bater o mais rápido possível. Acho que a cabeçada foi mérito do Jandrei. As chances aparecem, tenho trabalhado muito. Se é frustrante para alguns imagina para mim. Tenho procurado fazer meu melhor, me doado e treinado ao máximo. Essa situação também tem me incomodado bastante, mas não é isso que nos fez perder hoje - concluiu Roger.

O Corinthians volta a campo na próxima quarta-feira, contra a Chapecoense, na Arena Condá, pelo jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Em Itaquera, vitória alvinegra por 1 a 0.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Lance