& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Pedrinho do Timão é quem mais acerta dribles

 
       
 

jogador de 20 anos tem mostrado habilidade, mas ainda deve em gols e assistências

 
  Por:

Voz da Fiel

09/06/2018 15:56:40  
       
 
 
 
       
   Pedrinho do Timão é quem mais acerta dribles   
  Foto: Twitter/Voz da Fiel  
       
  Titular em nove das últimas dez partidas do Corinthians, Pedrinho será mais uma vez escalado entre os jogadores que iniciam a partida contra o Vitória, neste sábado, às 21h (de Brasília), em Itaquera, pelo Brasileirão. Em mais uma promessa de show.

Segundo time com mais dribles certos na competição após dez rodadas (26), o Corinthians tem no meia-atacante o seu principal nome.

Das 13 tentativas de lances de efeito no Brasileirão em nove jogos no Brasileirão, Pedrinho acertou dez. Ele lidera o quesito, segundo o Footstats. Lucas Paquetá, do Flamengo, acertou nove.

Aqui vale uma explicação sobre o critério da contagem: drible certo é considerado aquele completado e que abre espaços, mesmo que seja no meio de campo. A firula não é contabilizada.
 
      
 

 
  Escalado aberto pelo lado direito no esquema 4-2-3-1, Pedrinho é a maior esperança de criatividade da torcida. E, atualmente, tem papel fundamental na transição ofensiva da equipe. A substituição dele mais uma vez nos minutos finais, no empate por 1 a 1 contra o Santos, gerou vaias ao técnico Osmar Loss, que preferiu apostar num sangue novo nos minutos finais.

Diferenciado na habilidade, porém, Pedrinho ainda precisa evoluir na eficiência. O único gol no ano foi em março, contra o Bragantino, em chute de fora da área. Contra o Santos, na quarta, quase juntou as duas coisas: driblou dois santistas e chutou no ângulo. Vanderlei defendeu

Assistências na temporada ele tem duas: uma no Paulistão, para Gabriel, contra o Botafogo, e outra para Jadson, na Libertadores, diante do Deportivo Lara, na Venezuela.

Em evolução física e técnica, o jogador de 20 anos acumula 43 jogos pelo Timão e dois gols. Ele não atuou por 90 minutos em nenhuma partida desde que foi promovido ao elenco profissional.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)