& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Palmeiras vence Timão na Fifa e ganha 300 mil por compra de Elias

 
       
 

o negócio entre Corinthians e Sporting em 2014 vai render R$ 300 mil ao rival Palmeiras

 
  Por:

Voz da Fiel

02/10/2018 06:37:11  
       
 
 
 
       
   Palmeiras vence Timão na Fifa e ganha 300 mil por compra de Elias   
  Foto: UOL  
       
  O Corinthians terá de pagar mais de R$ 300 mil ao Palmeiras por conta do mecanismo de solidariedade na contratação do volante Elias em 2014, quando ele foi comprado do Sporting. Na época, o negócio foi firmado na casa dos 4 milhões de euros por 50% dos direitos econômicos do atleta. Hoje, ele está no Atlético-MG.

O time de Parque São Jorge tem dez dias para recorrer à última instância da justiça esportiva, a CAS (Corte Arbitral do Esporte) ou aceitar a derrota nos tribunais.

Nela, a entidade máxima do futebol determina que o Alvinegro tem 30 dias para pagar o total de 58.792 euros (pouco menos de R$ 275 mil na cotação atual) além de juros e correção monetária, o que faz o montante ultrapassar a casa dos R$ 300 mil.

O Corinthians alegou que está ciente da decisão e agora analisa a possibilidade de um recurso. Fontes ligadas à diretoria alegam que o clube não pagou o valor integral da transferência para o Sporting, que em 2016 recebeu Elias de volta.
 
      
 

 
  A Fifa ainda determina que o Corinthians arque com os custos do processo: são 9 mil francos suíços, o que significa mais de R$ 36 mil.

O Alvinegro, aliás, pagou uma primeira parcela do mecanismo de solidariedade de cerca de 20 mil euros desta negociação em 2015, mas usou a correção monetária errada e precisará arcar com essa diferença. Essa decisão também está no documento emitido pela Fifa.

Elias teve parte de sua criação na base do Palmeiras, apesar de nunca ter tido sucesso vestindo a camisa alviverde. Ele se destacou em 2008 na Ponte Preta e se transferiu ao Corinthians, onde ficou até 2010. De lá, se transferiu para o Atlético de Madrid, onde não ganhou muitas oportunidades.

O meio-campista, então, foi vendido ao Sporting, onde também sofreu para se adaptar e chegou a ser emprestado ao Flamengo. Já em 2014, foi transferido novamente ao Corinthians e ficou até 2016. É por essa transação que o Palmeiras ainda não recebeu o mecanismo de solidariedade.

Esse mecanismo faz os clubes formadores lucrarem com os atletas criados nas suas categorias de base por vários anos depois da primeira venda.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Danilo Lavieri (UOL)