& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Loss se manifesta pela primeira vez

 
       
 

auxiliar admite tristeza por perder cargo de técnico e fala em ter humildade

 
  Por:

Voz da Fiel

09/09/2018 06:33:13  
       
 
 
 
       
   Loss se manifesta pela primeira vez   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  Osmar Loss se posiciona após deixar cargo de técnico do Corinthians: "Hora de manter o equilíbrio e a humildade". Ex-treinador permanece no clube para auxiliar o atual treinador Jair Ventura.

Osmar Loss se pronunicou pela primeira vez, neste sábado, após deixar o cargo de técnico do Corinthians. Através de suas redes sociais, o ex-treinador e atual auxiliar-técnico disse que é o momento de "manter o equilíbrio e a humildade".

– Deixo o comando técnico do Corinthians triste, mas com muita serenidade. Percorri um longo e difícil caminho para receber esta oportunidade. No entanto, os resultados não aconteceram como queríamos. Vou usar essa experiência para melhorar e, assim, evoluir cada dia mais – escreveu.

– Nesse momento é hora de manter o equilíbrio e a humildade para seguir forte. Continuarei trabalhando com o mesmo comprometimento e profissionalismo em prol do Corinthians. Obrigado a todos que me apoiaram e acreditaram.
 
      
 

 
  Osmar Loss deixou de ser o treinador na última quarta-feira, após a derrota do Corinthians para o Ceará, por 2 a 1, fora de casa. Jair Ventura assumiu o seu lugar e já treinou a equipe para enfrentar o Palmeiras, no domingo, às 16h (de Brasília), pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Loss assumiu o Timão no fim de maio, após a saída de Fabio Carille para o Al-Wehda, da Arábia Saudita. No período, o treinador comandou o clube por 25 vezes – dez vitórias, dez derrotas e cinco empates.

Ele deixou o comando com o Corinthians na oitava colocação do Brasileirão, com 30 pontos ganhos. Dos últimos sete jogos na competição, a equipe venceu apenas um, e foi diante do lanterna Paraná, dentro de casa.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte