& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Léo Santos virou titular e Mateus Vital ganha chance no Timão

 
       
 

zagueiro supera concorrência de Pedro Henrique e se firma na defesa do Timão. Já o meia vai começar o jogo contra o Internacional neste domingo

 
  Por:

Voz da Fiel

23/09/2018 11:01:16  
       
 
 
 
       
   Léo Santos virou titular e Mateus Vital ganha chance no Timão   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  Se restava alguma dúvida, ela já não existe mais: Léo Santos conquistou a titularidade do Corinthians. Quem afirma é o técnico Jair Ventura, que manteve na equipe o jovem zagueiro, de 19 anos, mesmo após Pedro Henrique voltar de lesão.

Embora Léo Santos tenha cometido vacilos em seus primeiros jogos, o garoto apresentou evolução e convenceu a comissão técnica alvinegra. Ele atuou em 17 partidas na temporada. O bom desempenho na primeira semifinal da Copa do Brasil, contra o Flamengo, no Maracanã, foi determinante para a afirmação do zagueiro.

– Não tem por que tirar. Seria diferente se o Pedro tivesse saído por cartão. Foi lesão, o Léo teve a chance dele, abraçou a oportunidade e segue. O Pedro vai ter que buscar o lugar dele. Isso gera uma competitivade grande, ninguém tem lugar cativo. Nem para o de maior salário ou uma joia da casa. Tem que fazer o que é o melhor para o time – justificou Jair Ventura.
 
      
 

 
  Pedro Henrique vinha como titular da zaga desde a venda de Balbuena ao West Ham, da Inglaterra, em julho.

Assim como Léo Santos, Mateus Vital também "pediu passagem" na avaliação de Jair Ventura. O meia será titular neste domingo, diante do Internacional, às 16h, na Arena Corinthians, pela 26ª rodada do Brasileirão, no lugar de Roger.

– Quem constrói a oportunidade são os jogadores, não sou eu. Botei o Vital porque nos treinos ele estava pedindo passagem. O treinador não escala, são eles que se escalam no dia a dia, com profissionalismo, entrando bem nos jogos – explicou o técnico do Timão.

Porém, diferentemente de Léo Santos, Vital ainda precisa se afirmar na equipe. Embora tenha tido boas atuações, ele oscilou muito nos 46 jogos que fez pelo Timão e marcou apenas um gol – justamente diante do Colorado, no duelo do primeiro turno, no Beira-Rio.

– O Vital pediu passagem nesse jogo. Mas se ele for mau pode entrar o Araos ou outro jogador e ocupar espaço. Vou botando quem está no melhor momento – comentou Jair.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)