& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Jair Ventura quer Timão fechando Brasileirão de maneira digna

 
       
 

o técnico lamenta o gol sofrido nos acréscimos no empate por 2 a 2 contra o Vitória

 
  Por:

Voz da Fiel

22/10/2018 06:34:08  
       
 
 
 
       
   Jair Ventura quer Timão fechando Brasileirão de maneira digna   
  Foto: Reprodução/Internet/Voz da Fiel  
       
  Jair Ventura e os jogadores do Corinthians fizeram um "acordo de retomada" para as rodadas finais do Brasileirão, mas o primeiro objetivo não se cumpriu.

Em Salvador, após o empate por 2 a 2 com o Vitória com um gol sofrido nos acréscimos, o técnico lamentou o fracasso na missão alvinegra.

– A gente fica triste (com o empate no fim). Fizemos um acordo da retomada, tínhamos que dar uma resposta para a nossa torcida e conseguimos até faltar dois minutos. Fica um sentimento ruim pelo o que apresentamos. Foi um jogo aberto, equilibrado, que conseguimos virar, mas levamos o empate no abafa. Não foi hoje a retomada, a gente queria muito a vitória, e agora temos um jogo em casa para voltar a vencer e terminar de maneira digna e no mais alto possível na tabela.

O resultado derruba o Corinthians para a 12ª posição na tabela, com 36 pontos. Na próxima rodada, a equipe recebe o Bahia, sábado, às 19h (de Brasília), em Itaquera. A equipe não terá Roger e Clayson, que receberam o terceiro cartão amarelo. Pela boa atuação, o centroavante seria titular.

– Vinham nos cobrando pela falta de gols de atacante e hoje conseguimos fazer um grande gol, mas ele desfalca a gente num jogo importante em casa. Vamos usar a força do elenco – destacou.
 
      
 

 
  Ainda sobre escalação, Jair explicou que apostou na titularidade de Pedrinho e Emerson Sheik diante do Vitória pelo bom rendimento da dupla na derrota por 2 a 1 para o Cruzeiro, na final da Copa do Brasil. Nenhum deles, porém, conseguiu repetir o bom desempenho em Salvador.

– O último jogo do Emerson foi fanstático, mesmo na derrota, assim como o Pedro, que entrou, fez um grande jogo e hoje saiu jogando. De repente, não foi a mesma coisa. A gente tem que achar, os jogadores que se escalam. Pedrinho fez um dos gols mais bonitos que vi nos últimos tempos, pena que anulou (contra o Cruzeiro). Mas vamos botar quem jogou bem. Por isso iniciei com eles.

A situação, porém, mostra que Jair Ventura está longe de encontrar o seu time ideal no Corinthians. Até agora, comandou a equipe em 11 partidas, com apenas duas vitórias.

– Ideal é uma utopia, lógico que quando você está há mais tempo num time... Eu estou chegando e conhecendo agora, fazendo alternativas. Ideal é ter um time ideal, mas eles que se escalam. Você bota um time, e o jogador não rende, eu não posso ter coisas diferentes se faço as mesmas coisas. Se alguém não estiver rendendo, vamos até achar quem agarre a camisa e não largue – destacou.

O Corinthians volta a São Paulo na segunda-feira, em dia de folga para o elenco alvinegro.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte