& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Jair Ventura diz que busca time com cara de Corinthians

 
       
 

técnico espera também uma evolução ofensiva e defensiva após a semana cheia no CT

 
  Por:

Voz da Fiel

21/09/2018 14:20:18  
       
 
 
 
       
   Jair Ventura diz que busca time com cara de Corinthians   
  Foto: Marco Galvão/Estadão  
       
  Com quatro dos cinco dias de trabalho concluídos na semana de preparação do Corinthians para enfrentar o Internacional no domingo, às 16h (de Brasília), em Itaquera, pela 26ª rodada do Brasileirão, o técnico Jair Ventura fez um balanço positivo do que foi trabalhado nesses dias.

Apesar de ter mostrado uma boa variação de treinos técnicos, Jair diz que o ganho maior nesta semana foi físico. O Timão teve sua primeira semana livre no intervalo de um mês.

– Essa semana seria ótima para trabalhar, implementar uma série de coisas, mas o Corinthians vinha numa pegada forte de jogos. Foi muito mais uma recuperação, para a gente encher o tanque.

– Teremos uma série de jogos pegados e decisivos, não só na Copa do Brasil, mas no Brasileiro. A equipe do Inter é muito forte, com uma pegada grande e técnica alta. A situação ofensiva tem que ser trabalhada, pelo fato de o Corinthians ser uma das equipes que a gente menos finaliza. Mas isso tem que ser trabalhado com calma, sem esquecer da parte defensiva. Não podemos passar muita coisa para encher os atletas de coisa, mas aos poucos vamos implementando nosso trabalho.
 
      
 

 
  Há duas semanas no Corinthians, Jair afirmou que a semana foi importante também para conhecer mais o grupo. Ele espera, o quanto antes, conseguir mudar a cara da equipe.

– Não tem que ter cara de Jair, mas cara do Corinthians. Você tem que implementar o que entende do futebol. Estou conhecendo o grupo ainda, no dia a dia é diferente de jogar contra. Essa semana foi importante para estarmos próximos, ter mais treinos.

Alguns dos trabalhos da semana tiveram como foco as finalizações. Nos dois primeiros jogos de Jair, na derrota por 1 a 0 contra o Palmeiras e no empate sem gols diante do Flamengo, o time nem sequer acertou o gol. O desempenho melhorou na vitória por 2 a 1 contra o Sport, em casa.

– Começamos a trabalhar o terço final de campo, algumas movimentações. Não que você queira travar seus jogadores do improviso, mas que sirva de alicerce para entrar no campo do adversário. Deu para implementar alguns segredos. A gente vinha fazendo muito com vídeos, agora tivemos tempo de levar para o campo. Gradativamente, a gente vai vendo evolução, comportamentos que a gente treina e cobra já são possíveis ver em campo. A tendência é só melhorar.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)