& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Jadson chega a 200 jogos pelo Timão e tenta liderar retomada

 
       
 

o meia vai atingir marca expressiva contra o Vitória, neste domingo, no Barradão

 
  Por:

Voz da Fiel

21/10/2018 09:47:26  
       
 
 
 
       
   Jadson chega a 200 jogos pelo Timão e tenta liderar retomada   
  Foto: Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians  
       
  O meia Jadson vai completar 200 jogos pelo Corinthians quando entrar em campo para o jogo contra o Vitória, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Barradão.

Aos 35 anos, Jadson é um dos mais experientes do elenco do Corinthians e vê sua importância aumentar depois da perda do título da Copa do Brasil. Ele é peça-chave na tentativa de retomada do time no Campeonato Brasileiro.

O Corinthians entra nas nove rodadas finais da competição mais preocupado com a zona de rebaixamento do que com a parte de cima da tabela. São apenas 35 pontos somados, e o duelo contra o Vitória é considerado fundamental para afastar o perigo da queda.

Único jogador de criação que é titular sob comando do técnico Jair Ventura, Jadson tem 48 gols e 59 assistências em 199 jogos pelo Corinthians – números que o credenciam a ser o "cara" do Timão nessa luta contra o rebaixamento.
 
      
 

 
  Além de Jadson, outro nome experiente do Corinthians vai atingir marca importante neste domingo: o goleiro Cássio vai completar 206 jogos pelo Timão no Campeonato Brasileiro, mesmo número de outro goleiro, Ronaldo Giovanelli. À frente da dupla está apenas Wladimir, lateral-esquerdo, que fez 267 partidas no Brasileirão com a camisa alvinegra.

Veja as informações do Corinthians para a partida contra o Vitória:

Local:
Barradão, Salvador
Data e horário: domingo, às 16h (horário de Brasília)
Escalação provável: Cássio, Fagner, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar (Carlos Augusto); Ralf e Douglas; Romero, Jadson e Pedrinho (Clayson); Roger.
Desfalques: Renê Júnior (lesão no joelho esquerdo) e Gabriel (suspenso)
Pendurados: Pedro Henrique, Clayson, Roger e Paulo Roberto
Arbitragem: Rafael Traci, com o auxílio de Ivan Carlos Bohn e Rafael Trombeta, todos do Paraná
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte