& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Há um ano, Corinthians vencia Derby e se aproximava do título

 
       
 

o jogo também registrou o maior público pagante em jogos do Timão na Arena Corinthians: 46.090 torcedores

 
  Por:

Voz da Fiel

05/11/2018 16:49:10  
       
 
 
 
       
   Há um ano, Corinthians vencia Derby e se aproximava do título   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  No dia 05 de novembro de 2017, Corinthians e Palmeiras entravam em campo pela 32ª rodada, em um dos duelos mais importantes do Campeonato Brasileiro de 2017. O Alvinegro venceu o rival por 3 a 2, com gols de Romero, Balbuena e Jô, se isolou na liderança e se aproximou do sétimo título brasileiro de sua história. O jogo na Arena Corinthians também registrou o maior público pagante em jogos oficiais do Timão em sua Arena até hoje, com 46.090 torcedores presentes.

O jogo

O Timão, comandado por Carille, foi a campo com Cássio, Fagner, Balbuena, Pablo, Guilherme Arana; Gabriel, Camacho, Romero, Rodriguinho; Clayson e Jô. Durante a partida Maycon, Felipe Bastos e Jadson reforçaram o Alvinegro.
 
      
 

 
  No primeiro tempo, o Corinthians começou em cima do adversário e aos 27 minutos o Corinthians abriu o placar. Guilherme Arana avançou pela esquerda e tocou para Rodriguinho, que bateu cruzado. Romero, na pequena área pelo lado direito, só teve o trabalho de escorar para o gol vazio: 1 a 0 Corinthians. O segundo gol do Timão saiu logo em seguida, aos 29. Na cobrança de escanteio de Clayson, pela esquerda, a bola bateu no zagueiro adversário e sobrou para Balbuena desviar para o gol.

Aos 34 minutos, o time adversário conseguiu diminuir o placar mas, aos 36 minutos, Jô sofreu pênalti na entrada da área. O camisa 7 bateu forte no canto esquerdo ampliando o placar em 3 a 1 para o Alvinegro.

Na segunda etapa, o Palmeiras conseguiu diminuir para 3 a 2, mas o Corinthians controlou a partida e garantiu a importante vitoria, fundamental na arrancada final para a conquista do Heptacampeonato nacional.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Corinthians