VOZ DA FIEL

    Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
  Há 7 anos, Timão confirmava o Penta em Derby no Pacaembu  
       
  Segundo o Corinthians, o quinto título brasileiro (sem fax) foi confirmado na última rodada do campeonato, após empate sem gols com o Palmeiras  
  Por: Voz da Fiel 04/12/2018 12:13:25  
       
 
 
 
    
     
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  No dia 04 de dezembro de 2011, há exatos sete anos, o Corinthians celebrou a conquista do seu quinto título Brasileiro. Líder da competição, bastou um empate sem gols contra o maior rival, o Palmeiras, em duelo realizado no Pacaembu, para o Timão, comandado pelo técnico Tite, confirmar o título.

O dia, que começou triste para a Fiel Torcida e para o país com a morte do Dr. Sócrates, terminou com comemoração dos mais de 30 milhões de corinthianos, pentacampeões do Brasil.

O jogo

O Alvinegro foi a campo naquele dia com Júlio Cesar, Alessandro, Paulo André, Leandro Castán, Fabio Santos, Wallace, Paulinho, Alex, Jorge Henrique, Willian e Liedson. Entraram em campo, durante a partida, Chicão, Edenílson e Moradei.

Antes da bola rolar, torcedores e jogadores do Timão levantaram o braço direito, imitando o gesto imortalizado pelo Doutor Sócrates ao comemorar seus gols.

A partida começou com as duas equipes aplicadas na marcação. O Corinthians apostava na velocidade de seu ataque com William, Jorge Henrique e Liedson, mas era impedido pelas faltas cometidas pelos defensores palmeirenses. O rival, por sua vez, levava maior perigo com Marcos Assunção, na bola parada.
 
      
 
 
 
  No fim da primeira etapa, William recebeu de Alessandro na área e foi derrubado, mas o árbitro mandou seguir. Liedson, então, finalizou em cima do marcador palmeirense e o placar ficou no 0x0.

Na segunda etapa, Valdívia foi expulso ao fazer falta violenta em Jorge Henrique. Com um a mais, o Timão comandava as principais ações ofensivas. O jogo voltou a se complicar com a expulsão de Wallace, após falta em Maikon Leite.

O placar, somado ao empate entre Vasco e Flamengo, no Rio de Janeiro, dava o título ao Timão. Jorge Henrique imitou o “chute no ar” de Valdívia e foi agredido por João Vitor, também expulso. Durante a confusão, o árbitro também expulsou o zagueiro corinthiano Leandro Castán. Mas não havia tempo para mais nada. Exceto para a festa, dos mais de 36 mil torcedores no Pacaembu e dos outros milhões espalhados por todo o Brasil.

Era a consagração do time que venceu 9 das 10 primeiras rodadas daquele Brasileirão. Marcado pelo espírito de equipe, o Corinthians sagrou-se campeão brasileiro de 2011 com 21 vitórias, oito empates e nove derrotas, tendo marcado 53 gols e sofrido outros 36.