& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Geração de Cássio mira título inédito da Copa do Brasil

 
       
 

com oito títulos no Timão, goleiro vive disputa inédita na Copa do Brasil: "Nunca fui tão longe"

 
  Por:

Voz da Fiel

25/09/2018 13:19:00  
       
 
 
 
       
   Geração de Cássio mira título inédito da Copa do Brasil   
  Foto: Marcelo Braga/Globo Esporte  
       
  Liderada por alguns jogadores como Cássio, que foi contratado em 2012 e acumula oito títulos pelo Corinthians, uma das gerações mais vitoriosas do clube ainda não conseguiu vencer a Copa do Brasil, torneio que o Timão faturou nos anos 1995, 2002 e 2009.

Jogadores até mais antigos que o goleiro, como Danilo e Ralf (no clube desde 2010) e Sheik (desde 2011), também não conseguiram comemorar o título.

Desde a última conquista, aliás, esta é a vez que o Corinthians chega mais longe – o Timão faz o segundo jogo da semifinal contra o Flamengo na quarta-feira, às 21h45 (de Brasília), na Arena Corinthians.

– Nunca fui tão longe na Copa do Brasil – lembra o goleiro, que só não venceu esse título nacional e a Taça Sul-Americana com a camisa alvinegra.

– É um título histórico que todo jogador almeja ganhar. E comigo não é diferente. Temos uma grande batalha na quarta, mas temos condições de dar mais um passo. Muitos aqui não ganharam a Copa do Brasil e almejam ganhar. Temos chance de ficar mais próximos dessa grande conquista.
 
      
 

 
  Cássio foi campeão do Mundial (2012), da Recopa (2013), da Libertadores (2012), tem dois Brasileiros (2015 e 2017) e três paulistas (2013, 2017 e 2018).

Para chegar à final contra o vencedor do duelo entre Cruzeiro e Palmeiras, o Timão precisa de uma vitória. Novo empate, como aconteceu no Rio de Janeiro (0 a 0), leva a decisão para os pênaltis.

Com o Timão na oitava posição no Campeonato Brasileiro, a oito pontos do G-6, Cássio admite que esse precisa ser o foco do clube caso queira disputar a Taça Libertadores do ano que vem.

– Pelas circunstâncias, pela nossa distância para o primeiro time da zona de classificação (Atlético-MG), a gente não pode ser hipócrita de falar que o Brasileiro é o caminho mais próximo. Lógico, o Brasileirão tem mais chances (mais vagas disponíveis), mas na Copa do Brasil são três partidas. Passando agora e sendo campeão, você garante uma vaga na fase de grupos. No Brasileirão, estamos ainda buscando uma vaga na pré-Libertadores. Hoje, a Copa do Brasil é o caminho mais fácil para o Corinthians chegar na Libertadores – disse o camisa 12 do Corinthians.

Do elenco, três já conquistaram o torneio: Fagner, campeão pelo Vasco em 2011; Henrique, campeão com o Palmeiras em 2012; e Gabriel, campeão com o mesmo Palmeiras, mas em 2015.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)