& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Flamengo e Timão refletem eficiência ofensiva

 
       
 

rivais deste domingo, no Maracanã, precisam de poucas finalizações para anotar gols no Brasileirão

 
  Por:

Voz da Fiel

03/06/2018 15:05:06  
       
 
 
 
       
   Flamengo e Timão refletem eficiência ofensiva   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
  O clássico entre Flamengo e Corinthians, neste domingo, às 16h (de Brasília), no Maracanã, reúne os dois ataques mais letais do Brasileirão 2018.

Em números arredondados, o Corinthians precisa de seis finalizações para fazer um gol, e o Flamengo, de sete. Só que esses ataques terão o desafio de enfrentar defesas muito bem organizadas. Em casa, o Flamengo sofreu apenas um gol em quatro jogos, contra América-MG, Internacional, Vasco e Bahia, que estão longe de serem eficientes quando visitantes.

A diferença, agora, é que o visitante desta rodada é organizado e paciente. Até aqui, nenhum ataque provou ser tão poderoso quanto o do Corinthians quando atua fora de casa: em número redondo, uma a cada quatro finalizações vira gol, o que minimiza a característica de ser a equipe que menos finaliza na competição. O ataque que mais se aproxima do aproveitamento visitante de 27% do Corinthians é o Fluminense quando mandante: 19%.
 
      
 

 
  Quando ataca, o Corinthians não se afoba. Absolutamente todos os gols da equipe no Brasileirão foram marcados de dentro da área. Outro exemplo disso é se tratar do time que menos finalizações faz de fora da área. Quanto mais perto do gol, mais fácil colocar a bola lá dentro.

Por outro lado, o Flamengo é o terceiro melhor ataque mandante da competição, com sete gols, atrás de Vasco e Atlético-PR. E também precisará de sangue frio: o Corinthians é a quarta melhor defesa visitante da competição com quatro gols sofridos em quatro jogos (atrás de Atlético-PR, Cruzeiro e Grêmio).
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Valmir Storti (Globo Esporte)