& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Ex capitão de Loss substitui Fagner

 
       
 

ex-capitão de Loss, Mantuan substitui Fagner e ganha confiança com sequência no Corinthians

Jogador atuou nos últimos sete jogos e pode fazer outros sete até a Copa

 
  Por:

Voz da Fiel

24/05/2018 18:45:09  
       
 
 
 
       
   Ex capitão de Loss substitui Fagner   
  Foto: Marcelo Braga/Globo Esporte  
       
  Novo técnico do Corinthians, Osmar Loss tem total influência no momento de Guilherme Mantuan, atual titular da lateral direita do Timão, que entra em campo mais uma vez nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), contra o Millonarios, da Colômbia, em Itaquera, pela Taça Libertadores.

Capitão do título da Copa São Paulo de 2017 com Loss, o garoto de 21 anos cresceu muito como volante nas mãos do técnico.

Mas foi uma boa imagem passada em dois campeonatos de base em que ele fez como lateral-direito em 2016 que motivou o ex-auxiliar a assegurar a Fábio Carille que o jogador poderia começar o ano como primeira opção a Fagner, já que não havia confiança da comissão em Léo Príncipe. Hoje, Mantuan já não se importa com a mudança.
 
      
 

 
  O amadurecimento de Mantuan tem sido obtido com minutagem. Nos últimos sete jogos, durante a lesão de Fagner, foram 621 minutos somados (quase sete jogos). Agora, tem a chance de somar mais 630 nas sete partidas que ainda restam até a parada da Copa do Mundo.

– Essa sequência de jogos serve para dar um pouco mais de confiança, para eu me adaptar mais ao estilo de jogo da equipe. Poder ser titular do Corinthians é uma honra, um privilégio. Eu e Fagner somos jogadores diferentes, com características diferentes. Faço meu trabalho, mas claro que me espelho no que ele faz – afirmou Mantuan.

Cara já conhecida do torcedor, ele deixou de lado a falha que cometeu em março, na semifinal do Paulistão contra o São Paulo, viveu seu luto por 24 horas e depois voltou a trabalhar. As chances logo chegaram. Com status de titular da lateral direita, vai mostrando maturidade.

Ainda sem gols marcados desde que subiu – já soma 12 jogos –, Mantuan tem aparecido mais no ataque nas últimas partidas.

Além de Mantuan, Osmar Loss fez parte da formação de vários atletas que hoje estão na equipe profissional, como o goleiro Caíque, os zagueiros Léo Santos e Pedro Henrique, o volante Maycon e o atacante Pedrinho.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)