& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Emerson Sheik mira sequência inédita em atual passagem pelo Timão

 
       
 

o atacante ainda não iniciou quatro jogos seguidos desde que voltou ao Corinthians

 
  Por:

Voz da Fiel

25/10/2018 09:15:53  
       
 
 
 
       
   Emerson Sheik mira sequência inédita em atual passagem pelo Timão   
  Foto: Marcos Ribolli/Globo Esporte  
       
  Na reta final de sua carreira profissional, o atacante Emerson Sheik pode chegar a uma sequência inédita nesta atual passagem no Corinthians caso seja escalado mais uma vez como titular neste sábado, às 19h (de Brasília), diante do Bahia, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Emerson foi escalado pelo Corinthians desde o início na derrota por 1 a 0 para o Santos, na derrota por 2 a 1 para o Cruzeiro e no empate por 2 a 2 diante do Vitória, no último domingo. Somou, ao todo, 215 minutos em campo, sempre sendo substituído na reta final das três partidas.

Neste ano, ainda não fez quatro jogos consecutivos como titular.

Aos 40 anos, Sheik recebe cuidados especiais da preparação física e, por isso, ainda não participou de treinos de campo nesta semana. Na terça-feira, não integrou o treino de titulares contra reservas, que esboçou a equipe que pode pegar o Bahia. Segundo a comissão técnica, porém, ele tem condições de ser titular mais uma vez, já que desta vez o intervalo entre jogos será de seis dias.
 
      
 

 
  Desde que voltou ao Corinthians em fevereiro, Emerson participou de 36 jogos, dez deles como titular. Fez dois gols e deu duas assistências. Em entrevista recente, ele analisou seu último ano:

– Tem que levar em consideração muitas coisas: idade, as contratações de atletas jovens que precisam jogar. Mas por tudo o que fiz nos treinos, estou bem safisteito. Quando vim para cá, a ideia era que eu viria a passeio e estamos chegando no fim do ano e sou opção para ajudar. Acredito em merecimento, tenho certeza que eles (comissão) têm visto isso no treinamento. Obviamente que poderia ter jogado mais, mas as escolhas são do treinador, tem outros atletas que tem de ser respeitados, mas minha vontade de jogar está na veia, não muda nunca.

Por duas vezes em março, Emerson fez três jogos seguidos como titular, ainda sob o comando do técnico Fábio Carille, hoje na Arábia Saudita.

- Contra Botafogo-SP, Deportivo Lara (pela Libertadores) e Bragantino;
- Nas duas semifinais do Paulistão contra o São Paulo e na primeira final contra o Palmeiras.

Agora, Jair aposta na polivalência do veterano. Nos últimos três jogos, ele alternou funções:

- Jogou como um meia centralizado no 4-2-3-1 contra o Santos;
- Como um externo, pelo lado direito, no 4-2-3-1, diante do Cruzeiro;
- E como falso 9 no 4-2-3-1, diante do Vitória, num esquema que mais pareceu o 4-2-4.

Nesta quinta, o elenco volta aos treinos à tarde no CT, em atividade que pode contar com Sheik.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)