& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Elenco enxuto faz Loss valorizar banco de reservas

 
       
 

com apenas 21 jogadores de linha à disposição, Osmar Loss tem suplentes que conseguem exercer mais de uma função em campo; veja opções contra o Vasco

 
  Por:

Voz da Fiel

28/07/2018 10:26:08  
       
 
 
 
       
   Elenco enxuto faz Loss valorizar banco de reservas   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  A constatação do técnico Osmar Loss depois da vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, quarta-feira passada, em Itaquera, é real: com um elenco bem mais enxuto do que no primeiro semestre, o Corinthians sofre até para montar o banco de reservas nas partidas – e investe na versatilidade para se cobrir bem.

– Torna mais complicado nosso trabalho, porque tínhamos um elenco que todo mundo dizia que era inchado, mas que nos dava opções. Com as saídas, se tornou enxuto – disse o técnico.

Hoje, Loss tem apenas 21 jogadores de linha à disposição – 19 deles estão relacionados para o jogo contra o Vasco, domingo, às 11h, em Brasília. Só o volante Thiaguinho e o meia Rodrigo Figueiredo ficaram em São Paulo – o atacante Bruno Xavier está fora dos planos, e o zagueiro Vilson, que ainda não jogou em 2018, é tratado com cuidado.

Por isso, quase todos os reservas podem ser utilizados em pelo menos duas funções, tendência cada vez mais presente no Corinthians. Se antes, nos tempos de Tite, a prioridade era ter dois bons nomes para cada posição, agora o ajuste se faz necessário diante das saídas e lesões que atrapalham os planos da comissão técnica.
 
      
 

 
  Laterais

Aqui, o setor mais crítico. Fagner e Danilo Avelar são os titulares, mas não há reservas – Mantuan se recupera de lesão. Na direita, o volante Paulo Roberto é quem pode entrar. Na esquerda, o zagueiro Carlos Augusto é o suplente imediato, e já vem sendo tratado como lateral até nos materiais oficiais do Corinthians.

Zagueiros

O retorno de Pedro Henrique dá respiro a Loss, que só tinha Léo Santos, Henrique e Marllon à disposição. O mesmo Carlos que poderia ser lateral-esquerdo foi opção para o setor contra o Cruzeiro. A diretoria diz não ter pressa para contratar um eventual substituto de Balbuena, negociado com o West Ham.

Volantes

Gabriel e Douglas devem ter sequência entre os titulares, já que Maycon saiu, e Ralf e Renê Júnior estão machucados (este último só volta a jogar em 2019). Além deles, há apenas Paulo Roberto no banco. E só se não houver necessidade de usá-lo na lateral...

Meias

Fartura, enfim! Mesmo após a venda de Rodriguinho, Loss tem opções. Jadson se tornou titular, com Pedrinho provavelmente ao seu lado contra o Vasco. Mateus Vital, Marquinhos Gabriel e Danilo podem se encaixar em qualquer uma das posições do meio-campo.

Atacantes

Sem Roger e Jonathas, lesionados, só há o garoto Matheus Matias como centroavante à disposição de Osmar Loss. Romero pode fazer a função – e disse isso em entrevista coletiva na sexta-feira. Clayson, agora, é o único atacante (mesmo) de lado. Emerson Sheik, que tem jogado pouco, é alternativa recuado ou como um 9. Danilo também pode ser o 9.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Diego Ribeiro (Globo Esporte)