& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Douglas é apresentado no Corinthians

 
       
 

volante fala sobre doença que o afastou dos gramados em 2017, agradece ao Fluminense e explica seu estilo de jogo

 
  Por:

Voz da Fiel

20/07/2018 15:39:51  
       
 
 
 
       
   Douglas é apresentado no Corinthians   
  Foto: Bruno Cassucci/Globo Esporte  
       
  O Corinthians apresentou o seu 16º reforço para a temporada na tarde desta sexta-feira. O volante Douglas, de 21 anos, contratado do Fluminense, vestiu a camisa do clube e concedeu entrevista coletiva.

Visto pela diretoria e a comissão do Corinthians com potencial para substituir Maycon, vendido ao Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, Douglas disse se inspirar em outro volante que fez sucesso no Timão:

– É o Paulinho, que jogou aqui. Desde a base do Fluminense, sempre me inspirei nele.

O volante também falou sobre o problema de saúde que teve e o afastou por três meses.

– Acho que Deus coloca obstáculos na vida. Esse foi um que ele colocou na minha. Hoje estou curado, estou 200%. Vou dar o meu melhor dentro de campo e dar o meu melhor fisicamente - declarou o atleta, que teve uma atrite reativa, doença que lhe causada dores nas articulações e outros incômodos.

Douglas assinou contrato até julho de 2022. O volante já está no Boletim Informativo Diário da CBF e pode atuar pelo Timão.
 
      
 

 
  Como joga?

– Minha característica de jogo é de passe bom, chegar próximo da área para chutar. Vou buscar meu espaço aos poucos. Em um time grande como o Corinthians não tem titulares ou reservas porque todos são usados. Vou buscar o meu espaço.

Mudança de clube

– Resolvi trocar o Fluminense não foi por situação financeira. Foi pelo desafio. O Corinthians é um dos maiores clubes do mundo, que disputa Libertadores e Copa do Brasil. Na minha vida, financeiramente, foi bom. Por isso vim para cá também.

Timão

– A gente que vem jogar contra eles sabe a grandeza do Corinthians. Todos que vêm jogar aqui jogam atrás. Corinthians é time grande, time para brigar por títulos. Se Deus quiser, vamos ganhar um esse ano.

Gratidão ao Flu

– Gostaria de agradecer o Fluminense por tudo que fez por mim, me formou como jogador e como homem. Agradecer ao departamento médico. Graças a eles, hoje estou curado.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)