& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Danilo Avelar comemora primeiro gol mas adia promoção de batatas

 
       
 

lateral tem um empreendimento em Paranavaí, no Paraná, mas bar fechou antes do jogo

 
  Por:

Voz da Fiel

17/09/2018 07:32:13  
       
 
 
 
       
   Danilo Avelar comemora primeiro gol mas adia promoção de batatas   
  Foto: Marcos Ribolli/Globo Esporte  
       
  O gol de Danilo Avelar, marcado aos 43 minutos do segundo tempo, alegrou os quase 21 mil torcedores que foram à Arena para acompanhar a vitória do Corinthians por 2 a 1 contra o Sport, neste domingo. Em Paranavaí, cidade natal do jogador no Paraná, a festa foi quase completa.

Sócio de um bar na cidade, o lateral-esquerdo havia anunciado em entrevista ao GloboEsporte.com em julho que faria uma promoção com batatas fritas grátis no jogo contra o Botafogo caso marcasse um gol. Neste domingo, após enfim desencantar, ele foi obrigado a adiar a ação.

– O problema é que o bar hoje fecha às 18h, então a galera deu azar que o jogo foi às 19h (risos). Se fosse às 16h eu teria um pouco de prejuízo, mas com alegria. Vamos ver se durante a semana a gente faz uma gracinha para a galera que está lá no noroeste do Paraná mandando energia positiva – disse o jogador do Timão.
 
      
 

 
  Avelar conseguiu o seu primeiro gol com a camisa do Timão em seu 19º jogo disputado. Em outras partidas recentes, havia chegado à área adversária, mas parado nos goleiros ou mesmo na trave.

– Fico muito feliz. Passa um filme na cabeça, é uma emoção muito grande. Contruibuir com a vitória, mais ainda na nossa casa, diante da nossa torcida. Eu tinha ficado na trave, recebido uns elogios, umas críticas, alguns apoios, então o gol veio na hora certa – destacou.

Em entrevista coletiva, o técnico Jair Ventura também disse acreditar que o gol será importante para a sequência do lateral no Corinthians.

– O Avelar vinha recebendo algumas críticas, é importante o gol para ele ganhar confiança, sair mais um pouquinho para o ataque – afirmou o treinador.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Marcelo Braga (Globo Esporte)