& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians vive incomodado com situação no Brasileiro

 
       
 

o Corinthians vive um 2018 de extremos: de campeão Paulista, finalista da Copa do Brasil e com riscos, mesmo que mínimos, de descenso no Campeonato Brasileiro.

 
  Por:

Voz da Fiel

13/10/2018 11:27:29  
       
 
 
 
       
   Corinthians vive incomodado com situação no Brasileiro   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  O Corinthians vive um 2018 de extremos. Depois do título Paulista no início da temporada, o Alvinegro foi obrigado a buscar um comandante com a saída de Fábio Carille e não conseguiu se acertar com Osmar Loss, chegando a reta final da temporada sob os comandos de Jair Ventura. E com o recém-contratado treinador, a situação se põe à prova: finalista na Copa do Brasil e com riscos, mesmo que mínimos, de descenso no Campeonato Brasileiro.

Um dos pilares de experiência do elenco do corintiano, Emerson Sheik foi um que se mostrou incomodado com a campanha do time na competição de pontos corridos. Entrevistado da sexta-feira após a última atividade visando o clássico contra o Santos neste sábado, no Pacaembu, o atacante, que deve ser titular, afirmou que o Timão precisa dar a volta por cima o mais rápido possível pela grandeza do clube.
 
      
 

 
  “A nossa situação no Brasileiro causa um incômodo pela grandeza do clube. O Corinthians tem uma história tão linda que é inaceitável estar na situação que estamos hoje. Estamos confiantes, mas sabemos que estamos próximos da zona de rebaixamento. O desconforto maior é saber a grandeza do clube, o nível dos atletas que temos aqui e comparar com a nossa situação na tabela. Temos um grupo extremamente qualificado e a gente tem certeza que não vai acontecer o pior”, disse Sheik.

Ocupando a 11ª colocação com 35 pontos, o Corinthians está a apenas cinco de distância do Ceará, primeiro time na zona de rebaixamento. Mesmo assim, o experiente atacante, que deve voltar aos 11 iniciais pela primeira vez desde o dia 15 de agosto, na vitória sobre a Chapecoense, pregou otimismo e pediu o mesmo sentimento das arquibancadas para uma recuperação instantânea.

“Eu sou otimista em tudo o que eu faço e esse otimismo me levou a grandes conquistas na carreira. Queremos terminar o Brasileiro em uma condição melhor, porque esse não é lugar para o Corinthians. Tem a Copa do Brasil também, onde existe uma grande chance de conquistarmos mais um título. Espero que, assim como eu, o torcedor seja otimista, porque essa energia que eles passam dentro do estádio influencia muito no nosso desempenho”, ressaltou Emerson, que participou de 33 jogos na temporada, exatamente metade dos compromissos do Timão até aqui.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Gazeta Esportiva