& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians vence o Cruzeiro

 
       
 

Timão venceu por 2 a 0 no Mineirão, com gols de Romero e Pedro Henrique, um em cada tempo. Equipes tiveram várias mudanças para etapa final do amistoso

 
  Por:

Voz da Fiel

05/07/2018 08:18:03  
       
 
 
 
       
   Corinthians vence o Cruzeiro   
  Foto: Lance  
       
  Em parada dos campeonatos por conta da Copa do Mundo, Cruzeiro e Corinthians disputaram amistoso nesta quarta-feira, no Mineirão. No jogo de muito mais substituições do que emoções, o Timão venceu por 2 a 0, com um gol em cada tempo.

O resultado, porém, pouco importa para as equipes. Antes mesmo do amistoso, os técnicos Mano Menezes e Osmar Loss haviam falado que o principal objetivo da partida era dar ritmo aos jogadores e fazer testes.

Parabéns!

Aniversariante desta quarta-feira, Romero foi quem deu o presente para a torcida corinthiana. Aos 13 minutos de jogo, Walter cobrou tiro de meta rapidamente, Clayson dominou já tocando de primeira para o atacante paraguaio, que invadiu a área e chutou por baixo do goleiro Fábio para abrir o placar. Romero estava um pouquinho adiantado, mas só com o tão falado VAR seria possível o árbitro marcar esse impedimento.

Além dos 26 anos de Romero, a data também marca o sexto aniversário do título da Libertadores, conquistada em 2012 pelo Timão. Emerson Sheik, herói da final, não foi relacionado para o amistoso no Mineirão.

Pouca emoção

No Mineirão com quase 10 mil pagantes, o jogo deixou a desejar até no primeiro tempo, quando as equipes estavam escaladas com seus titulares. Walter fez apenas uma defesa na etapa inicial, só aos 42 minutos: após boa jogada do Cruzeiro, Thiago Neves recebeu pela esquerda, dentro da área, finalizou e viu a bola desviar antes de ser defendida pelo goleiro corinthiano.

O Corinthians também não conseguiu levar perigo. Além do gol, a outra boa jogada alvinegra no primeiro tempo saiu dos pés de Rodriguinho, que achou Clayson em boas condições. O atacante tentou ajeitar para Roger, mas a zaga cruzeirense cortou.
 
      
 

 
  Times mudam, jogo melhora

Como já era esperado, as equipes mudaram para o segundo tempo. No Cruzeiro, Lucas Silva e Rafael Sóbis permaneceram, enquanto o Corinthians manteve apenas o goleiro Walter e passou a atuar no 4-2-4, sem centroavante. E o jogo melhorou com os times considerado reservas...

O Cruzeiro começou pressionando e levou perigo. Marcelo Hermes fez boa jogada pela esquerda e chutou cruzado, mas Walter defendeu. No rebote, Patrick Brey mandou por cima. No lance seguinte, mais uma boa chance: Rafael Sóbis roubou a bola, tabelou com Mancuello e chutou travado no cantinho, mas Walter novamente fez a defesa.

O Corinthians, por sua vez, ficou retraído no 4-2-4 em busca de um contra-ataque. Mas o Timão chegou ao gol aos 29 minutos, quando era muito pior na partida. Jadson cobrou falta e Pedro Henrique apareceu livre para mandar de pé direito para o fundo da rede. Mais um lance difícil para a arbitragem.

Após o gol corintiano, o Cruzeiro continou dominando as ações, mas sem o mesmo ímpeto. Já o Corinthians manteve sua postura retraída e só teve um bom contra-ataque, mas Pedrinho se atrapalhou e não conseguiu finalizar.

Mais dois confrontos em julho

Corinthians e Cruzeiro voltam a fazer um amistoso no próxima quarta-feira, às 20h, na Arena em Itaquera. Há ainda mais um duelo entre as equipes neste mês: dia 25, também no estádio do Timão, pela 15ª rodada do Brasileirão. Antes do próximo encontro, o Corinthians entra em campo no domingo, às 11h, no amistoso contra o Grêmio, em Itaquera.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Guilherme Amaro (Lance)