& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians tem retrospecto preocupante quando joga sem Jadson

 
       
 

Jair Ventura tentou esperar até o último instante, mas teve de se conformar com o corte de Jadson da partida desse sábado, contra o Bahia

 
  Por:

Voz da Fiel

27/10/2018 09:36:26  
       
 
 
 
       
   Corinthians tem retrospecto preocupante quando joga sem Jadson   
  Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press  
       
  O meia não conseguiu se recuperar de um edema na panturrilha e será desfalque nessa 31ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A lamentação do técnico corintiano se justifica pelo retrospecto da equipe sem o seu camisa 10. Jadson ficou de fora de 18 partidas do Timão na temporada. Diante da ausência do meia de 35 anos, o clube do Parque São Jorge conseguiu apenas cinco vitórias, além de seis empates e acabou derrotado em sete oportunidades.

O Corinthians teve de se virar sem Jadson em sete jogos do Campeonato Paulista e em outros 11 no Campeonato Brasileiro. Dos 54 pontos possíveis, o Timão levou apenas 21, o que dá um aproveitamento ruim de 38.8%. Nos compromissos da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, Jadson jogou todos.

No último domingo, o empate contra o Vitória registrou a atuação número 200 do veterano com a camisa do Corinthians. Na ocasião, Jadson marcou seu 15º gol no ano, disparando ainda mais na artilharia da equipe.
 
      
 

 
  No quesito assistências, o meia também sobra no elenco alvinegro. São 13 passes para gol. Rodriguinho, já vendido, com sete assistências, é o mais próximo nesse ranking interno.

Ou seja, o desfalque de Jadson não é um desfalque qualquer no atual cenário corintiano. Pedrinho foi no escolhido para suprir a lacuna no meio-campo a partir das 19h desse sábado, em Itaquera. Roger e Clayson, suspensos, também não ficarão à disposição de Jair Ventura, que pelas circunstâncias vai promover novidades tanto entre os titulares quanto no banco de reservas para o confronto direto com o Bahia.

Corinthians sem Jadson em números:

18 jogos fora – 54 pontos possíveis
5 vitórias
6 empates
7 derrotas
21 pontos conquistados
Aproveitamento de 38.8%
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Tiago Salazar (Gazeta Esportiva)