& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians tem outras alternativas por Libertadores 2019

 
       
 

com apenas 1% de chances de terminar o Brasileirão 2018 no G-6 o Corinthians tem alternativas por Libertadores 2019

 
  Por:

Voz da Fiel

02/10/2018 06:52:16  
       
 
 
 
       
   Corinthians tem outras alternativas por Libertadores 2019   
  Foto: UOL  
       
  Com cinco pontos somados entre os últimos 15 que disputou na Série A, o Corinthians não consegue se aproximar do grupo de acesso à Copa Libertadores, o chamado G-6 da competição. Mesmo assim, há alguns caminhos possíveis para o clube estar no torneio mais importante do continente em 2019.

De acordo com o site Chance de Gol, especializado em cálculos do tipo, o Corinthians possui apenas 1,4% de chances de estar entre os seis primeiros colocados ao fim do Campeonato Brasileiro. Há 11 rodadas por jogar, e o Atlético-MG, exatamente o sexto na tabela, tem dez pontos a mais que os 35 somados pelos corinthianos.

Estar na Libertadores 2019 pode ter um peso extra para o Corinthians e demais equipes brasileiras. O presidente Andrés Sanchez tem sido um dos defensores de cotas melhores para a disputa do torneio. Após reunião recente na Conmebol, ficou otimista quanto à hipótese de uma premiação dobrada para os participantes. Hoje, o campeão sul-americano recebe R$ 35 milhões.

Veja abaixo quais as chances que o Corinthians tem de acessar a competição em diferentes cenários:
 
      
 

 
  A Copa do Brasil é o caminho mais simples:

O caminho mais óbvio, e nesse momento mais acessível, é naturalmente vencer a Copa do Brasil. Com a vaga garantida na decisão contra o Cruzeiro e o direito de decidir em casa adquirido em sorteio, o Corinthians enxergou na competição o cenário ideal: turbinar os cofres com o prêmio de R$ 50 milhões, minimizar fragilidades da equipe que sofreu muitas baixas em um torneio de tiro curto e ainda acessar a Libertadores 2019.

E se o Cruzeiro vencer a Copa do Brasil?

Muitos torcedores corinthianos, porém, têm se questionado sobre o que acontece caso o time seja vice da Copa do Brasil. De acordo com o regulamento da competição, terminar em segundo lugar, em nenhum cenário, assegura vaga na Libertadores.

Como hoje não está dentro do G-6 do Brasileirão, o Cruzeiro não passaria o posto a ninguém. Mas, se subisse um degrau na tabela, por exemplo, passaria a posição ao sétimo colocado. O Corinthians, porém, está em nono nesse momento.

E se um clube brasileiro ganhar a Libertadores?

Embora os torcedores normalmente prefiram que um clube estrangeiro ganhe o maior torneio do continente, uma eventual conquista de Cruzeiro, Grêmio ou Palmeiras pode trazer benefícios para o Corinthians. Isso porque com o título, um deles automaticamente se garantiria na Libertadores 2019 e abriria mais uma posição para os representantes do Brasileiro.

Hoje, entretanto, quem estaria em primeiro lugar nesse posto é o Santos, que ganhou no fim de semana e saltou à frente do Corinthians após algumas rodadas de perseguição. Hoje, os santistas estão em oitavo com 36 pontos, um à frente dos corinthianos.

E a Sul-Americana?

A segunda competição continental mais importante ainda está nas oitavas de final, mas aparentemente pode influenciar pouco na disputa por vagas. Os aspirantes brasileiros ao título são Atlético-PR, Bahia, Botafogo e Fluminense. Vencer a Sul-Americana assegura automaticamente presença na Libertadores 2019, mas todos estão distantes do G-6 do Brasileirão. Assim, a hipótese de uma vaga ser transferida para outra equipe da Série A passa a ser improvável.

Para Gabriel, Corinthians deve buscar crescer no Brasileiro

"Lógico que nosso objetivo principal é a Copa do Brasil pelo fato de estarmos a dois jogos de sermos campeões e de conseguir uma vaga na Libertadores do próximo ano. Temos ainda um longo Campeonato Brasileiro, em que faltam algumas rodadas e dá para buscar algo melhor, uma posição melhor, mas acho que a Copa do Brasil virou o principal objetivo. Poder buscar esse título tão esperado, que estamos a um passo de conquistar", disse, ao Sportv.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Dassler Marques (UOL)