& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians nunca perdeu tanto em sua Arena

 
       
 

a derrota do Corinthians para o Grêmio, no último sábado, foi a 14ª sofrida na Arena

 
  Por:

Voz da Fiel

20/08/2018 13:55:02  
       
 
 
 
       
   Corinthians nunca perdeu tanto em sua Arena   
  Foto: Web/Voz da Fiel  
       
  Foram cinco apenas em 2018, marca que o clube nunca havia atingido desde a inauguração do estádio, em 2014. Até esta temporada, o maior número de reveses acumulados em um mesmo ano haviam sido três, em 2015 e também 2017 - curiosamente, temporada que acabaram com título brasileiro.

Em 2018, a equipe alvinegra foi derrotada em seus domínios em três competições diferentes. Duas no Campeonato Paulista, duas na Copa Libertadores e, contra o Grêmio, a primeira na Série A.

No Estadual, competição em que acabou campeão, o time foi derrotado pelo São Bento ainda na primeira fase e Palmeiras, no jogo de ida da decisão – depois, reverteu a desvantagem. Já na Libertadores, os reveses vieram na fase de grupos, contra Millonarios-COL e Independiente-ARG.

Até aqui, o Corinthians fez 23 jogos em sua Arena em 2018, com 13 vitórias, cinco empates e cinco derrotas, aproveitamento de 63%. No geral, a marca do clube no estádio é de 74%.
 
      
 

 
  Em 2017, os três reveses vieram em 34 partidas, contra Atlético-GO (1 a 0) e Vitória (1 a 0) no Brasileiro e Santo André (2 a 0) no Paulista. Já em 2015, foram 35 jogos para o mesmo número de reveses, contra Santos (Copa do Brasil), Palmeiras (Série A) e Guarani-PAR (Libertadores).

As outras derrotas do Corinthians na Arena aconteceram, em 2014, no primeiro jogo do estádio, contra o Figueirense; e, em 2016, diante de Fluminense e novamente Palmeiras.

O último revés para o Grêmio deixou o time de Osmar Loss na sétima colocação do Brasileiro, com 26 pontos, a 15 pontos do líder São Paulo. O próximo compromisso será fora de casa, no Maracanã, contra o Fluminense. Em seguida, no sábado seguinte, enfrentará o Paraná, novamente na Arena.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: ESPN