& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians e Flamengo tentam driblar problemas no ataque

 
       
 

rivais por uma vaga na final da Copa do Brasil, equipes não conseguem encontrar substitutos ideais para Guerrero e Jô. Nenhum dos dois tem um homem de área como titular fixo

 
  Por:

Voz da Fiel

11/09/2018 08:46:21  
       
 
 
 
       
   Corinthians e Flamengo tentam driblar problemas no ataque   
  Foto: Nilton Fukuda/Estadão  
       
  Rivais na disputa por uma vaga na final da Copa do Brasil, Flamengo e Corinthians enfrentaram alguns percalços ao longo da temporada. Alguns deles, inclusive, têm certa semelhança. A ausência de um goleador absoluto é um dos problemas. As duas equipes penam em 2018 para encontrar um substituto para os antigos camisas 9, Guerrero e Jô.

Do lado carioca, nomes como Éverton Ribeiro, Diego e Paquetá costumam assumir a função de balançar as redes. Dos paulistas, Jadson e Romero aparecem com mais frequência. Mas, para ambos, a posição tem sido um problema que se reflete na falta de efetividade dos times recentemente. Resta saber se algum deles vai superar esse obstáculo no duelo decisivo desta semana.

O primeiro jogo da semifinal da Copa do Brasil será nesta quarta-feira, às 21h45, no Maracanã. O jogo de volta será dia 26, na Arena Corinthians.
 
      
 

 
  O problema no ataque corinthiano não é recente. Desde o começo do ano o clube procura um substituto para Jô, artilheiro do Brasileirão de 2017 que foi vendido ao Nagoya Grampus, do Japão.

Na campanha do título paulista, o técnico Fábio Carille apostou num esquema sem centroavante e obteve êxito. Osmar Loss, que o substituiu, tentou repetir a dose, mas não conseguiu o mesmo sucesso. Agora, Jair Ventura inicia sua passagem pelo Timão tendo de lidar novamente com esta questão. Quem colocar no comando de ataque alvinegro?

Em 58 jogos em 2018, o Corinthians marcou 75 gols, média de 1,29 por partida.

Quase cinco meses após chegar ao Corinthians, Roger ainda não correspondeu às expectativas. Em 19 jogos, o atacante marcou apenas quatro gols e não conseguiu se firmar como titular.

O camisa 9 foi titular nas últimas partidas, mas ficará fora da partida contra o Flamengo porque disputou a Copa do Brasil pelo Internacional e não pode defender o Timão no torneio.

A tendência é que ele seja substituído por Jonathas, que está recuperado de lesão e entrou no segundo tempo do clássico contra o Palmeiras, no último domingo. Contratado durante a Copa do Mundo, o camisa 7 sofreu com lesões e disputou apenas sete partidas pelo Timão, tendo anotado somente um gol.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)