& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians deve acertar contrato de três anos com Richard

 
       
 

o jogador de 24 anos terá parte dos direitos econômicos comprados pelo clube paulista

 
  Por:

Voz da Fiel

27/11/2018 16:26:40  
       
 
 
 
       
   Corinthians deve acertar contrato de três anos com Richard   
  Foto: Globo Esporte  
       
  Richard deve assinar um contrato válido por três anos com o Corinthians tão logo o Fluminense termine sua participação do Campeonato Brasileiro e na Taça Sul-Americana. Aos 24 anos, o volante terá parte dos direitos econômicos comprados pelo Timão. Os valores são mantidos em sigilo.

Titular de Marcelo Oliveira, o volante chegará ao Corinthians para disputar posição com Ralf e Gabriel – o segundo, porém, tem sondagens do futebol italiano e pode deixar o Timão.

Ele será o quarto reforço do Corinthians para 2019. O lateral-direito Michel Macedo e o atacante Gustavo Silva já foram apresentados e treinam com o elenco. O atacante André Luis, que jogou a Série B na Ponte Preta, também já foi confirmado pelos dirigentes corinthianos.

Agente de Richard, Mário Marcondes, da Consport Group do Brasil, esteve reunido com o presidente Andrés Sanchez nos últimos dias e deixou a negociação bem adiantada.
 
      
 

 
  Restam poucos detalhes para o acerto, como o percentual exato que será adquirido pelo Corinthians – Fluminense e Atibaia dividem igualmente o percentual econômico do atleta.

– Estamos realmente em tratativas com o Corinthians, mas Richard, por enquanto, está 100% focado nos jogos finais da Sul-Americana e do Brasileiro pelo Fluminense – disse Marcondes.

Na 14ª posição com 42 pontos, o Fluminense chegará na última rodada do Brasileirão ainda na luta pela permanência na Série A. Antes, na quarta, recebe o Atlético-PR na semifinal da Sul-Americana.

Richard chegou ao Flu por empréstimo em agosto de 2017 vindo do Atibaia. Em fevereiro, o Tricolor carioca anunciou a compra de metade dos direitos do jogador, que assinou contrato até 2021.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)