& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthians bom visitante e Cruzeiro mal em casa

 
       
 

espião Estatístico mostra como os times chegam ao primeiro jogo da decisão, no Mineirão, e destaca a importância dos atacantes gringos Hernán Barcos e Ángel Romero

 
  Por:

Voz da Fiel

10/10/2018 14:27:32  
       
 
 
 
       
   Corinthians bom visitante e Cruzeiro mal em casa   
  Foto: Globo Esporte  
       
  Começa na noite desta quarta-feira o confronto final da Copa do Brasil. De um lado da decisão, o atual campeão do torneio e campeão mineiro, Cruzeiro. Do outro, o campeão brasileiro do ano passado e campeão paulista, Corinthians. Como os times chegam para o primeiro jogo, às 21h45, em Belo Horizonte? Esse é um trabalho para a equipe do Espião Estatístico! Vamos aos números.

A expectativa para a partida de ida é de um Mineirão lotado, com a torcida cruzeirense botando pressão desde o início. Será que isso assusta os corinthianos? Os números indicam que não.

Nos três jogos como mandante na Copa do Brasil, a Raposa não conseguiu vencer. Foram dois empates e uma derrota, com três gols marcados e quatro sofridos. Do outro lado, o Timão está invicto como visitante (uma vitória e dois empates), marcou um gol e não sofreu nenhum. Veja o comparativo:

Números da final:

Desempenho = 2 empates e 1 derrota (Cruzeiro mandante); 1 vitória e 2 empates (Corinthians visitante).

Aproveitamento = 22% (Cruzeiro mandante); 55% (Corinthians visitante).

Gols marcados = 3 (Cruzeiro mandante); 1 (Corinthians visitante).

Gols sofridos = 4 (Cruzeiro mandante); 0 (Corinthians visitante).
 
      
 

 
  Destaques individuais:

Barcos se mostrou decisivo no Cruzeiro na semifinal, contra o Palmeiras. O argentino fez o gol da vitória por 1 a 0 fora de casa e também marcou no 1 a 1 no Mineirão. Com os dois tentos, ele tem participação direta em 29% dos gols cruzeirenses na competição.

Do lado preto e branco, o destaque fica para Ángel Romero, artilheiro do time na competição. O atacante paraguaio já balançou a rede três vezes, com participação direta em 43% dos tentos corinthianos. Quem também tem 43% de participação é Jadson, com com um gol e duas assistências.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte