& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Corinthian-Casuals lança documentário sobre amistoso com o Timão

 
       
 

na sétima divisão do futebol inglês, clube que inspirou a criação do Timão em 1910 hoje aposta na relação com o Brasil para enfrentar dificuldades financeiras e conseguir divulgação

 
  Por:

Voz da Fiel

29/10/2018 14:56:36  
       
 
 
 
       
   Corinthian-Casuals lança documentário sobre amistoso com o Timão   
  Foto: Marcos Ribolli/Globo Esporte  
       
  Para um clube amador, em que ninguém recebe salários, aquela foi uma semana de sonhos. Em janeiro de 2015, o Corinthian-Casuals viajou com toda a pompa a São Paulo para enfrentar o Corinthians Paulista, clube cuja criação foi inspirada pelo tour dos ingleses ao Brasil em 1910.

A história do mais recente reencontro dos dois clubes virou um documentário, com estreia prevista na televisão inglesa para 10 de novembro.

Batizado de Brothers in Football (Irmãos no futebol), o filme de aproximadamente 1h30 relembra a origem do próprio Corinthian-Casuals e mostra os contrastes das realidades do clube inglês e do brasileiro nos dias atuais. Hoje na sétima divisão da Inglaterra, o Casuals aposta na relação com o time do Parque São Jorge para tentar recuperar a glória do início do século.

– Acho que todos os fãs vão gostar. Obviamente vai ser um desafio fazer os fãs do Palmeiras verem um filme sobre o Corinthians. Mas o time inglês que foi ao Brasil em 1910 foi um time que levou o futebol às massas. Foi o primeiro time que não era de elite. Então o legado do Corinthians é que o futebol poderia ser para todos. Então este é o legado do Corinthians, o legado deste filme, eu espero – disse o diretor, Chris Watney, ex-jogador do Casuals.

O amistoso de 2015 é o ápice do documentário, que ainda não foi negociado para o Brasil. E tanto o jogo quanto a realização do filme são exemplos de como o Casuals conta com a força comercial do Corinthians Paulista. Naquela ocasião, o então presidente Andrés Sanchez viabilizou a viagem dos ingleses com a venda dos ingressos para o amistoso. Para o jogo, os ingleses receberam 17 ofertas de marcas para estamparem na camisa, sendo que não tinham sequer um patrocinador na Inglaterra.

Depois da partida, o Casuals conseguiu um acordo para que uma famosa loja de artigos esportivos online comercializasse a camisa do clube no Brasil. E frequentemente os torcedores do Timão marcam presença na King George’s Arena, em Londres, onde o time amador manda seus jogos.
 
      
 

 
  Nesta terça-feira, havia cinco brasileiros entre os 203 torcedores que assistiram à vitória por 3 a 1 sobre o Haringey Borough.

– Aqui e lá é Corinthians. Não importa se está torcendo aqui ou está torcendo lá. Um gol daqui vale igual um gol de lá. Mas pela estrutura você pode ver que é bem diferente. Essa é a diferença. Mas Corinthians é Corinthians em qualquer lugar do mundo – disse o analista de sistemas Douglas Minuchi, que vive na capital inglesa há quatro anos e acompanha de perto o dia a dia do Casuals.

Realizado no dia 24 de janeiro de 2015, o duelo entre Corinthian-Casuals e Corinthians Paulista foi o terceiro amistoso do time comandado por Tite naquele início de temporada. Na tentativa de evitar um placar elástico contra, o clube inglês armou uma retranca e conseguiu resistir durante o primeiro tempo. Na segunda etapa, com a entrada dos reservas do Timão, os gols saíram. Luciano, duas vezes, e Danilo, selaram o placar de 3 a 0.

O artilheiro do dia, Luciano, deixou o campo com fama de fominha. Isso porque, faltando dois minutos para o fim do jogo, o árbitro Ítalo da Silva permitiu que dois jogadores trocassem de uniforme. Danilo foi para o Casuals, enquanto o atacante Jamie Byatt vestiu a camisa do Corinthians. No lance que culminou no terceiro gol, aos 50 do segundo tempo, Byatt estava ao lado de Luciano, sem marcação, e poderia ter marcado um gol histórico para as duas equipes.

– Obviamente fiquei chateado, eu tinha a chance de marcar, mas o Luciano marcou. Teria sido ótimo se tivesse podido marcar o gol, algo especial para nossos torcedores comemorarem, mas foi algo ótimo no fim do dia. (...) Seria ótimo se pudéssemos fazer mais coisas juntos, se pudéssemos ter outra viagem, que o Corinthians pudesse fazer mais coisas com o Corinthian-Casuals e talvez nos deixar mais próximos do que já somos – disse Byatt.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte