& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Com trabalho e discrição, Danilo é usado como exemplo

 
       
 

idolatrado pelos jovens do elenco, meia tem contrato até dezembro, e Timão cogita não renovar

 
  Por:

Voz da Fiel

29/10/2018 08:04:40  
       
 
 
 
       
   Com trabalho e discrição, Danilo é usado como exemplo   
  Foto: Marcelo Braga/Globo Esporte  
       
  Comissão técnica e diretoria do Corinthians são unânimes nos elogios ao meia Danilo. Aos 39 anos, o veterano segue demonstrando aplicação nos treinos e comprometimento com a equipe mesmo sendo pouco aproveitado. Em 2018, ele atuou 13 vezes, só uma como titular.

Danilo é intenso nos trabalhos no CT Joaquim Grava e quase diariamente faz, sozinho, sessões de abdominais após as atividades.

Mesmo quando não participa dos coletivos entre titulares e reservas, o meia trabalha com seriedade entre jovens da base e outros jogadores pouco aproveitados.

– Danilo é um espelho para nós, mais jovens. Você chega no Corinthians e vê Sheik, Danilo, Cássio, caras multicampeões, ídolos. São exemplos para nós – afirmou o meia Mateus Vital, de 20 anos, contratado pelo Timão no começo desta temporada.
 
      
 

 
  Além do empenho e da seriedade no dia a dia, Danilo é valorizado por sua postura discreta. Avesso aos microfones, ele nunca reclamou interna ou publicamente de não ser aproveitado.

– É um cara que teve poucas oportunidades comigo, mas foi sempre profissional, a mesma pessoa. Isso serve de exemplo para os mais jovens. Você olha para o lado e vê um Danilo esperando a oportunidade – elogiou o técnico Jair Ventura, no último sábado, depois da vitória por 2 a 1 sobre o Bahia, quando o camisa 20 entrou no intervalo e marcou dois gols.

Porém, apesar de todas as avaliações positivas, Danilo pode não continuar na equipe em 2019. O contrato dele acaba no fim da temporada, e o Corinthians cogita não renová-lo.

O veterano deseja atuar por mais uma temporada antes de se aposentar, mas a diretoria alvinegra só aceitará mantê-lo caso ele aceite uma considerável redução salarial.

Assim como aconteceu no ano passado, a decisão sobre o futuro de Danilo deve ser tomada somente ao final do Brasileirão. Até lá, o jogador terá mais sete partidas para mostrar que pode ser útil ao clube.

Desde 2010 no Corinthians, Danilo já disputou 352 partidas, fez 35 gols e conquistou oito títulos pelo clube.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Bruno Cassucci (Globo Esporte)