& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Colo Colo espera superar pane física contra Timão

 
       
 

rival do Timão nas oitavas da Libertadores ficou de dezembro a abril sem preparador físico; entenda

 
  Por:

Voz da Fiel

22/06/2018 17:43:10  
       
 
 
 
       
   Colo Colo espera superar pane física contra Timão   
  Foto: Danilo Sardinha/Globo Esporte  
       
  Adversário do Corinthians nas oitavas de final da Libertadores, o Colo-Colo passou dez dias em Atibaia, no interior de São Paulo, preparando-se para o segundo semestre de 2018. Um dos motivos para passar um tempo fora do Chile foi focar em um intenso trabalho para recuperar a parte física dos jogadores. O motivo: a equipe ficou sem um preparador físico de ofício de dezembro a abril.

O novo preparador físico é Hernan Torres, que chegou em abril com a nova comissão técnica, encabeçada pelo técnico Hector Tapia e pelo auxiliar Claudio Maldonado. Até abril, o desempenho físico do Colo-Colo foi muito criticado.

Após a saída de Octavio Manera, em dezembro, quem assumiu foi Javier Jeison, profissional da categoria sub-15. Depois que ele também deixou o clube, quem passou a cuidar da preparação física foi Jonathan Cisternas, ex-meia que exerceu várias funções no clube chileno antes de ser colocado no cargo.

Em Atibaia, Torres comandou atividades em dois períodos no hotel onde o elenco ficou concentrado. Os trabalhos foram específicos para cada jogador, com o intuito de evitar novas lesões. Além disso, a viagem para o Brasil serviu para fugir do frio chileno desta época do ano, que, segundo o técnico Hector Tapia, atrapalharia o reforço físico.

– Nosso país está em um inverno muito frio. Muita neve, muita umidade. Também porque o Colo-Colo é o time mais popular do Chile. Tem muita gente querendo saber do Colo-Colo. No Brasil, já conhecia Atibaia pela minha passagem pelo Cruzeiro. Meu auxiliar, Claudio Maldonado, e nosso jogador Jorge Valdivia também já tinham vindo para cá. Bom clima, bom campo. O clube entendeu nosso pedido e viemos – disse o ex-jogador Tapia.

A intertemporada foi encerrada na última quarta-feira, na véspera do jogo contra o Ñublense, pela segunda fase da Copa Chile. Na ida, por causa da questão física, o Colo-Colo usou o time sub-20 e foi derrotado por 2 a 0. Na volta, na última quinta, Tapia usou o que de melhor tinha à disposição do elenco principal, mas a equipe venceu por apenas 2 a 1 e foi eliminada.
 
      
 

 
  A parte física era responsável pelas principais críticas que recebia o antigo técnico, Pablo Guede. Tapia e Maldonado planejam montar um time intenso, no esquema 4-3-3, com muita velocidade. Atualmente, essa estratégia não é possível pela má condição física do elenco.

– Neste momento, estamos com a mentalidade de nos preparar para todo o segundo semestre, não só para um jogo específico. Mas sabemos que teremos um grande rival e estamos nos preparando para enfrentá-los da melhor forma possível – disse.

Um dos principais atletas do elenco, o meia Valdivia, ex-Palmeiras, passou o período em Atibaia fazendo treinamentos específicos. Ele se recupera de uma lesão na coxa sentida no jogo contra o Atlético Nacional, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores.

Esses problemas fazem o clube evitar pensar apenas no Corinthians. O primeiro semestre foi ruim no Campeonato Chileno. Com 24 pontos em 15 jogos, a equipe está em sexto lugar na tabela, 10 pontos atrás do líder Universidad Católica.

O Corinthians também não vive boa fase – com Osmar Loss, não venceu nos últimos quatro jogos do Campeonato Brasileiro –, e Tapia sabe disso. Mas o técnico conhece o potencial do adversário e por isso, apesar de acompanhar o atual campeão brasileiro, evita fazer análises. Sabe que muita coisa pode mudar até agosto.

– Vi algumas partidas, conversei com algumas pessoas do Brasil que conhecem o futebol brasileiro. Sabemos do momento atual que atravessa o Corinthians e vamos entrar em mais detalhes na semana próxima à partida para saber um estado mais atual. Temos que ver como estarão daqui a algumas semanas – afirma o técnico do Colo-Colo.

O primeiro jogo entre Colo-Colo e Corinthians será apenas no dia 8 de agosto, no estádio Monumental, em Santiago. Neste duelo, os chilenos não poderão contar com Tapia no banco de reservas, já que o treinador foi suspenso por um jogo pela Conmebol. A volta está marcada para 29 de agosto, na Arena Corinthians.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Globo Esporte