& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Chegada de Carille deve gerar afastamento de Osmar Loss

 
       
 

Carille e Loss têm ideias e métodos distintos no futebol

 
  Por:

Voz da Fiel

24/11/2018 09:36:37  
       
 
 
 
       
   Chegada de Carille deve gerar afastamento de Osmar Loss   
  Foto: Fernando Dantas/Gazeta Press  
       
  Fábio Carille só não estará à frente do elenco do Corinthians em 2019 caso o Al-Wehda resolva fazer jogo duro e dificultar a saída do treinador contratado em maio. Entre o Timão e o técnico está tudo resolvido para o retorno. A tendência é que o anúncio seja feito após o término do Campeonato Brasileiro.

Um dos reflexos dessa situação deve ser o afastamento de Osmar Loss da comissão técnica profissional. Escolhido justamente para assumir o comando do time corintiano depois da saída de Carille, o ex-técnico das categorias de base não durou muito tempo no cargo e acabou rebaixado novamente à função de auxiliar.

Recentemente, o gaúcho chegou de um período de estudos na Europa, mas, a tendência é que não fique no clube para o ano que vem por ter ideias bastante divergentes em relação ao que Fábio Carille pensa sobre futebol.
 
      
 

 
  O relacionamento de aproximadamente quatro meses no início desse ano evidenciou as diferenças entre os dois profissionais. Fabinho e Coelho, por ouro lado, devem prosseguir.

Quem deve ajudar a resolver essa questão é o Guarani. O Bugre tem interesse em contratar Osmar Loss e as partes estudam a oportunidade. Um posicionamento oficial é aguardado para antes do fim de 2018.

Andrés Sanchez é fã de Loss e aposta que ele ainda pode ser um grande nome no clube, por isso não o demitiu. O presidente corinthiano reconhece que talvez tenha se precipitado ao queimar etapas e espera ajudar Loss em sua formação como treinador.

Outras mudanças também vão ocorrer diante da confirmação do acerto com Carille. O observador Mauro da Silva, o auxiliar Leandro da Silva, o preparador físico Walmir Cruz, o preparador de goleiros Mauri Lima e o analista de desempenho Dênis Lupp devem reassumir seus postos no Corinthians. O grupo está com Carille na Arábia Saudita.

Para repatriar o técnico bicampeão Paulista e campeão Brasileiro, a diretoria alvinegra terá de pagar uma multa de 700 mil dólares (cerca de R$ 2,8 milhões) ao Al-Wehda. Carille receberá menos do que vinha ganhando na Arábia, porém, seu salário será o dobro do que ele recebia quando deixou a equipe paulista.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Tiago Salazar (Gazeta Esportiva)