& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Avelar traz estabilidade na lateral do Timão

 
       
 

Danilo Avelar tomou conta da lateral esquerda nos últimos jogos disputados pelo Corinthians

 
  Por:

Voz da Fiel

01/08/2018 05:52:27  
       
 
 
 
       
   Avelar traz estabilidade na lateral do Timão   
  Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians  
       
  A saída de Guilherme Arana rumo ao Sevilla, no fim do ano passado, desencadeou uma série de tentativas frustradas do Corinthians em reencontrar estabilidade na lateral esquerda. Em seis meses, o clube teve quatro jogadores na posição e só agora flerta com o equilíbrio no setor com o recém-contratado Danilo Avelar, que será novamente titular nesta quarta-feira à noite, no duelo com a Chapecoense pela Copa do Brasil, em Itaquera.

O novo lateral esquerdo titular do Corinthians ganhou a posição dias depois de chegar ao clube paulista, durante a parada da Copa do Mundo. Naquela ocasião, Sidcley acabou negociado pelo Atlético-PR com o futebol ucraniano após o amistoso com o Cruzeiro no Mineirão.

Sem o titular, o técnico Osmar Loss escalou Avelar nos dois últimos testes do Corinthians no período do Mundial da Rússia, diante de Grêmio e Cruzeiro, ambos em Itaquera. Nos dois jogos, o jogador de 29 anos mostrou mais facilidade em compor o sistema defensivo da equipe.

Na retomada dos jogos oficiais, porém, Avelar também passou a ser mais efetivo no ataque. Nas quatro partidas, atuou todos os 360 minutos e participou de alguns lances ofensivos. Diante do Cruzeiro, por exemplo, finalizou com força na área para a defesa do goleiro Fábio e viu Romero marcar no rebote.

No último domingo, contra o Vasco, em Brasília, Avelar voltou a jogar bem. Em lance pelo alto, aproveitou bem a estatura para mandar uma bola na trave no fim do primeiro tempo - o jogador tem 1,85 m de altura, contra 1,76 m de Sidcley.

Na etapa final, Avelar ainda participou do início da jogada que resultou no gol da virada do Corinthians, marcado por Romero. No campo de ataque, ele serviu Clayson, que deu um toque em profundidade para Pedrinho dar a assistênncia ao atacante paraguaio.
 
      
 

 
  Corinthians fez quatro tentativas

Depois da venda de Arana ao Sevilla, o Corinthians foi ao mercado para repor a saída de um dos maiores destaques da equipe campeão paulista e brasileira. O clube acertou a compra de Juninho Capixaba por R$ 6 milhões. O lateral foi escalado como titular em sete jogos, mas não agradou ao técnico Fábio Carille, sobretudo por causa do desempenho defensivo.

Àquela altura, o clube já havia emprestado Moisés ao Botafogo. Por isso, reintegrou Guilherme Romão ao elenco depois de um empréstimo ao Oeste. O jovem revelado nas categorias de base também frustrou os planos alvinegros ao ser expulso logo na estreia do Campeonato Paulista. O baixo rendimento nos treinos fez a diretoria optar por um novo empréstimo ao Oeste.

O Corinthians, então, acertou uma troca com o Atlético-PR, entre o volante Camacho e o lateral Sidcley, até o fim do ano. O novo reforço corintiano resolveu o problema do time de forma imediata, assim como Avelar. Uma proposta do Dínamo de Kiev, entretanto, pôs fim à trajetória de apenas 26 jogos e três gols marcados.

Hoje, depois de a diretoria do Corinthians decidir pelo empréstimo de Juninho Capixaba ao Grêmio, o técnico Osmar Loss tem Avelar e Carlos Augusto, jogador oriundo da base, como opções para a lateral esquerda. O contrato do titular se encerra em junho de 2019 - ele está emprestado pelo Torino, da Itália.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Diego Salgado (UOL)