& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Ataque rebaixado: Corinthians sofre com 2º pior desempenho

 
       
 

o Corinthians ocupa uma posição ingrata entre os 20 times do Brasileirão no número do conclusões

 
  Por:

Voz da Fiel

06/11/2018 07:56:22  
       
 
 
 
       
   Ataque rebaixado: Corinthians sofre com 2º pior desempenho   
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  O Corinthians voltou a apresentar um problema crônico no último domingo (4), durante a derrota para o Botafogo no Engenhão. Sem força ofensiva, o time de Jair Ventura novamente passou em branco no Brasileirão e pouco ameaçou o goleiro Gatito Fernández - foram apenas oito finalizações, contra 15 do adversário.

O cenário já acompanha a equipe paulista há tempos. Não à toa o Corinthians ocupa uma posição ingrata entre os 20 times do Brasileirão no número do conclusões. Em 32 rodadas, o Corinthians só finalizou 312 vezes às metas rivais, número superior apenas ao registrado pelo América-MG, que soma 290 - os dados são do Footstats.

A média, assim, chega a 9,8 chutes por jogo. Para efeito de comparação, o Flamengo, líder no quesito no Campeonato Brasileiro, concluiu 420 vezes até aqui, com média de 13,1 tentativas por partida. O time rubro-negro, terceiro colocado na tabela, é dono do melhor ataque da competição, com 51 gols, ao lado do Palmeiras, que tem 372 finalizações.

"Rebaixado" no fundamento, o Corinthians vê a falta de conclusões refletir no número de gols e no aproveitamento de pontos. A equipe alvinegra soma 32 gols no Brasileirão e tem apenas o 11º melhor ataque. No segundo turno, o time de Jair chegou a emendar três partidas seguidas sem ir às redes, contra América-MG (0 a 0), Flamengo (0 a 3) e Santos (0 a 1).
 
      
 

 
  Isso também aconteceu nas derrotas pelo placar mínimo diante de Palmeiras e Botafogo. Contra o time alviverde, inclusive, os corintianos passaram 90 minutos sem qualquer finalização correta (foram quatro conclusões erradas).

Centroavantes sumidos

Individualmente, Pedrinho sobra neste fundamento, com 50 finalizações somente no Brasileirão, quase sempre de fora da área. O segundo colocado é Romero, que concluiu 30 vezes. Só depois, então, aparece um centroavante: Roger, com 27.

O rendimento contribui para a situação atual. O Corinthians ocupa a 12ª posição na tabela com 39 pontos e ainda corre riscos de rebaixamento, pois tem apenas cinco pontos de vantagem sobre o Vitória, o primeiro time da zona do descenso.

O sinal está alerta porque o aproveitamento no returno é de equipe rebaixada. São 13 pontos somados em 13 jogos, aproveitamento que lhe dá a 18ª posição, à frente de América-MG e Paraná. Se mantiver esse desempenho nas próximas seis rodadas, a equipe de Jair terminará o Brasileirão com 45 pontos, limite para se livrar da queda à Série B.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Diego Salgado (UOL)