& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Artilheiro em clássicos, Danilo marcou 12 vezes contra rivais

 
       
 

a maior vítima do ídolo corinthiano foi o São Paulo, com 6 gols

 
  Por:

Voz da Fiel

29/11/2018 10:14:31  
       
 
 
 
       
   Artilheiro em clássicos, Danilo marcou 12 vezes contra rivais   
  Foto: Corinthians  
       
  Em nove temporadas defendendo as cores do Corinthians, Danilo se destacou por ser decisivo em clássicos e jogos importantes. Não é a toa que, dos 35 gols do camisa 20 pelo Timão, 12 tenham sido marcados contra um dos três rivais paulistas do clube do Parque São Jorge.

O primeiro gol do meio-campista pelo Timão aconteceu justamente em um clássico Majestoso. Pelo Paulistão de 2010, Danilo marcou o segundo tento do Corinthians na vitória por 4 a 3 sobre o São Paulo no Estádio do Pacaembu. Elias pressionou a saída de bola adversária dentro da área e a boa sobrou para o camisa 20, que bateu de primeira, de pé direito, no ângulo de Rogério Ceni.

Em 2011, Danilo voltou a marcar contra o rival do Morumbi em goleada por 5 a 0 na campanha do Pentacampeonato Brasileiro em 2011. No primeiro minuto do segundo tempo, o ídolo alvinegro recebeu de Liédson, tirou a marcação deixando o Bruno Uvini e Rogério Ceni no chão, e rolou para o fundo das redes para abrir o placar da goleada no estádio municipal.

O terceiro gol de Danilo em clássicos veio novamente contra o São Paulo. Pela primeira fase do Paulistão 2012, o camisa 20 marcou de cabeça o único gol da vitória por 1 a 0 para o Corinthians. O jogo foi novamente disputado no Estádio do Pacaembu.

Pela Libertadores de 2012, Danilo marcou um daqueles gols que todo corinthiano lembra. No jogo de volta das semifinais contra o Santos, "Zidanilo" garantiu a classificação do Timão ao empatar a partida aos dois minutos do segundo tempo. Alex batei falta pela esquerda, a bola desviou e chegou para o camisa 20, livre, dominar e bater colocado, para delírio da Fiel.

No mesmo ano, pelo Campeonato Brasileiro, Danilo marcou na derrota corinthiana por 3 a 2 para o Santos, na Vila Belmiro. Douglas cobrou falta na área e o meio campista desviou para o fundo do gol.
 
      
 

 
  Em 2013, o ídolo alvinegro voltou a ter o São Paulo como vítima no Paulistão. No estádio do Morumbi, Danilo recebeu pela esquerda, cortou pro meio tirando o marcador e bateu de pé direito, no ângulo, sem chances para Rogério Ceni.

Na final do estadual deste ano, Danilo marcou o gol do título na Vila Belmiro, contra o Santos. Após vencer o jogo de ida por 2 a 1, o Timão empatou em 1 a 1 na baixada santista para conquistar o 27º título paulista da história do clube. Paulinho bateu prensado com o goleiro e a bola sobrou para o camisa 20 dentro da área, que bateu de primeira para empatar a partida.

Dois meses depois, o camisa 20 voltou a ser decisivo em outra final. Na Recopa Sul-Americana, Danilo marcou no rebote da própria cabeçada um dos gols na vitória por 2 a 0 sobre o São Paulo no Pacaembu, assegurando a taça continental para a equipe do Parque São Jorge.

Em 2014, o Palmeiras foi o último rival a conhecer o faro de gol do meio campista alvinegro. Pelo Brasileirão, Danilo marcou o gol de empate do Corinthians aos 46 minutos do segundo tempo, batendo de perna esquerda, rasteiro, no canto do gol.

No Derby seguinte, Danilo marcou um gol histórico. Em fevereiro de 2015, no primeiro clássico disputado no Allianz Parque, novo estádio palmeirense, o camisa 20 marcou o único gol da partida após receber passe de Petros, que aproveitou bobeada da zaga para deixar Danilo livre para marcar.

No mesmo Campeonato Paulista, Danilo garantiu o triunfo sobre o São Paulo no Morumbi ao marcar o único gol da partida. Guerrero recebeu pela direita e cruzou. o Camisa 20 bateu de primeira, no contra-pé de Rogério Ceni (mais uma vez), para garantir a vitória pro Timão.

O último gol em clássicos do ídolo alvinegro foi na semifinal do Paulistão 2015. Na Arena Corinthians, Danilo marcou de cabeça no empate em 2 a 2 contra o time alviverde.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Corinthians