& vbCrLfFrase da barra de menu desktop
Logo Voz da Fiel Titulo mobile
       
 

Aprovado em exames, Richard assinará contrato de 3 anos

 
       
 

o volante Richard do Fluminense fez exames médicos no Corinthians e foi aprovado

 
  Por:

Voz da Fiel

03/12/2018 12:41:19  
       
 
 
 
       
   Aprovado em exames, Richard assinará contrato de 3 anos   
  Foto: UOL  
       
  O volante Richard assinará contrato de três anos com o Corinthians depois de ser aprovado em exames médicos. O procedimento foi realizado em São Paulo nos últimos dias. De acordo com o consultor médico do clube paulista, Joaquim Grava, o jogador de 24 anos, que estava no Fluminense, mostrou-se apto nos testes cardiológico e ortopédico.

No Campeonato Brasileiro, o meio-campista se destacou ao tomar conta da cabeça de área do Fluminense, com 33 partidas como titular e três gols marcados - um deles justamente contra o Corinthians, ainda na primeira rodada. Ele também foi às redes na vitória do time carioca sobre o América-MG, no último domingo, no Maracanã.

A principal característica de Richard é o desarme: são em média 3,1 por partida, número que o coloca entre os dez maiores ladrões de bola do Brasileirão.

Richard estava no Fluminense desde a metade da temporada 2017 - ele foi adquirido por empréstimo do Atibaia-SP e teve seus direitos federativos adquiridos em fevereiro, após fazer boas atuações na reta final do Brasileirão passado. Revelado pelo Comercial, o atleta chegou a jogar o Paulistão de 2016 pelo Atlético Sorocaba.
 
      
 

 
  O volante é o quarto reforço do Corinthians para a temporada 2019. O clube alvinegro já havia acertado com o atacante André Luis, ex-Ponte Preta, além do lateral direito Michel Macedo e do atacante Gustavo Mosquito, que há semanas já treinam no CT Joaquim Grava.

O Corinthians já conta com dois atletas para a posição: Ralf, que terminou o ano como titular, e Gabriel, que entrou em campo na derrota corintiana por 1 a 0 para o Grêmio no último domingo.
 
      
   
 

 
 
Avaliação desta notícia vai para: Arthur Sandes (UOL)