VOZ DA FIEL

    Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
  Timão tem início com maior número de derrotas  
       
  Segundo Diego Salgado (UOL), Corinthians já perdeu quatro partidas no Campeonato Brasileiro depois de 12 rodadas  
  Por: Voz da Fiel 25/06/2018 08:29:31  
       
 
 
 
    
     
  Foto: Thiago Ribeiro/AGIF  
       
  A instabilidade é a tônica da temporada do Corinthians. Mesmo com o título do Campeonato Paulista, o time alvinegro teve um primeiro semestre com o maior número de derrotas dos últimos 12 anos. Depois de 38 jogos oficiais em 2018, a equipe, primeiro comandada por Fábio Carille e agora por Osmar Loss, soma 12 derrotas.

Na temporada 2006, marcada pela eliminação na Libertadores e pela má campanha no Estadual, o Corinthians perdeu 17 partidas nos primeiros 38 confrontos disputados. Naquela ocasião, três técnicos comandaram o time: Antônio Lopes, Ademar Braga e Geninho - todos foram demitidos. No ano seguinte, o time perdeu 11 jogos no mesmo período.

Para se ter uma ideia da instabilidade do Corinthians em 2018, o time, a essa altura da temporada passada, somava apenas duas derrotas. No ano todo, foram dez em 68 duelos válidos por Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil, Copa Su-Americana e Campeonato Paulista.

Até mesmo na campanha vitoriosa no Estadual deste ano o Corinthians precisou conviver com os resultados negativos. Na primeira fase da competição, foram três derrotas, mesmo número registrado na fase de mata-mata - por isso, o time alvinegro precisou virar placares contra Bragantino, São Paulo e Palmeiras.
 
      
 
 
 
     
  No Brasileirão deste ano, o Corinthians até conseguiu ter um bom início, disputando a liderança até a sexta rodada - o time era o segundo colocado ao fim dela. Nas seis seguintes, a equipe desabou na tabela. Depois de três derrota, dois empates e apenas uma vitória, os corinthianos passaram a ocupar a décima posição.

Apesar do número de derrotas elevado até aqui, o Corinthians segue vivo na Libertadores e na Copa do Brasil. O time enfrentará o Colo-Colo, do Chile, nas oitavas de final da competição continental. No torneio nacional, o adversário será a Chapecoense, nas quartas.

Das 12 derrotas, oito foram sob o comando de Carille, que esteve à frente do time em 31 partidas - a média de revés é de um a cada 3,9 partidas. Loss soma quatro derrotas em sete duelos (ou uma a cada 1,7 confronto).