VOZ DA FIEL

    Aqui é o lugar onde a Fíel Torcída é ouvída de verdade

       
  A vitoriosa vida de Sheik no Timão  
       
  Segundo o Lance, Sete títulos, gols e polêmicas: Sheik e sua vitoriosa vida no Timão
Atacante renovou seu contrato na sexta-feira e anunciou que irá se aposentar no fim do ano
 
  Por: Voz da Fiel 01/07/2018 10:02:30  
       
 
 
 
    
     
  Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians  
       
  Emerson Sheik anunciou na sexta que se aposentará em dezembro, quando acaba seu contrato recém-renovado com o Corinthians. Aos 39 anos, o atacante escolheu encerrar a carreira no clube em que é ídolo e, embora não seja titular absoluto hoje em dia, tem uma grande história.

O anúncio de seu retorno surpreendeu a muitos, já que o atacante vinha de uma temporada pela Ponte Preta e não teve o contrato renovado no fim de 2017. O contrato era a princípio curto, até o fim de junho.

Seu primeiro grande feito foi no dia 7 de março, quando marcou um belo gol para dar a vitória ao Corinthians sobre o Mirassol. Era o primeiro gol do agora camisa 47 desde sua volta ao Timão.
 
      
 
 
 
     
  O outro gol de Sheik na temporada foi marcado na Libertadores, dia 14 de março, na vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara, da Venezuela, na Arena Corinthians. Estes dois são os únicos gols do atacante em 2018.

Não deram nem três meses de sua volta, e Emerson Sheik voltou a levantar uma taça no Corinthians, a do Paulista. Ele foi titular na primeira final, contra o Palmeiras, e na seguinte entrou durante o segundo tempo - foi sua segunda conquista de Estadual, já que estava no título de 2013.

Como sempre foi, Sheik não esqueceu seu lado provocador no fim da carreira. Durante a comemoração do título, ele apareceu em vídeo com Jadson provocando o Palmeiras: "que dó, que dó da formiguinha; chora, formiguinha".

Não era a primeira vez que o corintiano provocava o maior rival assim. Foi assim que ele tirou sarro da última queda palmeirense, em 2012.

2012, aliás, foi o ano com o maior feito de Emerson com a camisa corintiana: o título da Libertadores. Foram dele os dois gols contra o Boca Juniors (ARG) na decisão, que deu ao Timão o inédito título continental.

Sheik hoje tem 180 jogos e 28 gols em três passagens pelo Corinthians. Foi campeão paulista (2013 e 2018), Brasileiro (2011 e 2015), Recopa Sul-Americana (2013), Libertadores (2012) e Mundial (2012). Vem mais até dezembro?